Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Julgamento da Parmalat começa em setembro

25 junho 2005 - 17h08

Um juiz na Itália acusou formalmente 16 executivos e três instituições financeiras por envolvimento no colapso da gigante do setor de laticínios, Parmalat, em 2003.
Os executivos, entre os quais está o fundador da companhia Calisto Tanzi, são acusados de realizar falsas auditorias e fraude de mercado.
As acusações ocorreram dois dias depois do banco americano Morgan Stanley ter fechado um acordo de 155 milhões de euros (cerca de R$ 446,8 milhões) com a Parmalat.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Confira os números sorteados da Mega-Sena; prêmio é de R$ 33 milhões
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil passa de 362 mil mortes por Covid, com 3.462 registradas em 24 horas
SONORA
Acusado de matar a ex-mulher com 10 facadas é preso se escondendo em cemitério
JUDICIÁRIO
Plenário do STF mantém decisão que determinou instalação da CPI da Covid
PEDRO JUAN
Atingido a tiros por pistoleiros, homem dirige caminhonete até hospital
COVID-19
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
CORONAVÍRUS
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas
INFRAESTRUTURA
Governo de MS renova corredores de ônibus em Dourados

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados