Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Juiz nega direito de resposta a Tetila sobre valor da dívida

30 agosto 2004 - 17h59

A coligação Dourados no Rumo Certo, que apóia a candidatura a reeleição do prefeito Laerte Tetila, pelo PT, teve negado há pouco, pelo juiz Zaloar Murat Martins, o pedido de direito de resposta em que pretendia contestar o conteúdo do programa eleitoral de responsabilidade da coligação Dourados de Todas as Cores, onde o locutor Gilberto Piereti questionava, no quadro Hora da Verdade, o pagamento da dívida pública do Município. O programa da candidata Bela Barros exibido no dia 18 observava que, quando o atual prefeito asumiu o cargo, a Prefeitura de Dourados devia R$ 78.639.713,58 e o balanço de 2003 mostra uma dívida de R$ 103.065.265,34. O locutor terminava dizendo: "A dívida aumentou em R$ 24.425.028,34. Como vocês viram, não existe dívida paga. Portanto, não existe casa arrumada". A coligação de Tetila argumentou que os R$ 78 milhões de 2000 equivaleriam hoje a R$ 109 milhões e que, se a coligação adversária mostra uma dívida de R$ 103 milhões, houve sim a redução. Só que a assessoria jurídica de Bela Barros mostrou o caso de um único débito, herdado por Tetila, de R$ 2.456.028,24, contraído pela Prefeitura junto ao Banco Pontual, cujo valor aparece com os mesmos números no balanço apresentado em 2003. "A conclusão lógica e simplória, com os poucos dados que se tem, é que não é possível dizer-se ter afirmação inverídica para autorizar o direito pleiteado", escreveu o juiz Zaloar Murat ao julgar improcedente a solicitação da assessoria petista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz
POLÍCIA
Suspeito de assassinar artista plástica em Campo Grande é morto pela polícia
Governo libera R$ 2,61 bilhões para as universidades federais
AQUIDAUANA
Quadrilha especializada em abigeato é presa enquanto dividia carcaça de vaca
REGIÃO
Barbosinha ressalta trabalho de Tereza Cristina ao prestigiar entrega de títulos

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor