Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Jovem mata bebê fruto de estupro e é condenada

10 junho 2005 - 15h00

A justiça argentina condenou hoje uma jovem a 14 anos de prisão por ter matado seu bebê recém-nascido e fruto de um estupro, em um país em que o aborto é proibido por lei.O tribunal de Jujuy, região norte do país, condenou por unanimidade Romina Tejerina, 21 anos, por homicídio agravado, mas reconheceu a existência de circunstâncias atenuantes para não condená-la à prisão perpétua como reclamou a promotoria ao considerar que o estupro não havia sido provado.A defesa, que pediu a absolvição da ré por considerá-la inimputável, informou que vai apelar da decisão.A jovem chorou ao ouvir o veredicto - transmitido ao vivo pela televisão - e se abraçou à advogada. Sua mãe e irmãos não foram autorizados a entrar na sala de audiências para a leitura da sentença por ter insultado a promotora.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
ECONOMIA
Senadora Soraya Thronicke reforça retomada do setor de eventos de MS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
ESCALADA DA PANDEMIA
Brasil registra mais 1.824 mortes por Covid-19 e chega a 353,3 mil
CORUMBÁ
Mulher pede para marido prender cachorros e é agredida com coleira
Médicos e policiais fazem mobilização sobre novas regras de trânsito
SIDROLÂNDIA
Após bebedeira, homem bate em filho e é esfaqueado pela esposa
BRASIL
Exército confirma 1ª morte de um militar da ativa vítima da Covid-19
FUTEBOL
Dourados volta a vencer Águia Negra e fecha fase na liderança
CORONAVÍRUS
Ator Paulo Gustavo segue internado e boletim diz que situação é crítica

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos