Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Jornalista ameaçado registra Boletim de Ocorrência

10 maio 2006 - 15h12

O jornalista Ricardo Ojeda, diretor da sucursal do jornal Diário MS e do site de notícias Perfil News registrou BO (Boletim de Ocorrências) hoje na Delegacia Regional da Polícia Civil de Três Lagoas. Ele foi ameaçado ontem através de ligações anônimas efetuadas de um telefone fixo (orelhão) da cidade de Bataguassu. O boletim foi lavrado pelo delegado, Frank George de Lima Corpa.Ricardo conta que ontem, por volta das 14h50min horas, recebeu duas ligações telefônicas em seu aparelho celular, vindas do aparelho 3541-2326 de Bataguassu, quando duas pessoas separadamente disseram palavras ameaçadoras relativas à prisão dos vereadores da cidade de Santa Rita do Pardo, quando na primeira ligação (voz feminina) disse: ‘Olha Ojeda, os vereadores já foram soltos’. De imediato, Ojeda disse que acessou o site do Tribunal de Justiça e constatou que nada havia mudado quanto a prisão dos vereadores e ainda ligou para o delegado Luiz Batista Lino que confirmou que os presos continuavam lá. Na segunda ligação (voz masculina), disse: ‘Se você gosta da sua vida tome cuidado, pois os vereadores presos já estão soltos’, e desligou. O jornalista cita que o intervalo de uma ligação para outra durou cerca de cinco minutos. Ojeda declara no boletim de ocorrência, que efetuou ligação para o número que apareceu na bina do celular. Uma senhora atendeu ao telefone que informou ser um telefone público próximo ao Posto de Saúde e que não viu ninguém se afastando do telefone. ‘Estou preocupado já que acompanhei o desenrolar dos fatos que culminaram com a prisão daqueles políticos’, declarou. Frank Corpa disse que a partir de agora estará acompanhando também o caso. ‘Pode me ligar a qualquer hora do dia ou dá noite que estarei à disposição para garantir a sua integridade física’, frisou o delegado regional. Ele disse ainda que todos os veículos ou pessoas suspeitas deverão ser comunicadas ao delegado.Ricardo Ojeda também pensa em pedir proteção policial ao comando da Polícia Militar de Três Lagoas. “Tenho que preservar minha vida e da minha família. Eu não sei do que essas pessoas são capazes”, justificou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Preso em operação na sexta-feira consegue liberdade provisória e é solto
DOURADOS
Preso em operação na sexta-feira consegue liberdade provisória e é solto
Mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos no inverno
BELEZA & ESTÉTICA
Mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos no inverno
MPF fará correição extraordinária por dificuldades em bom andamento de trabalhos
DOURADOS
MPF fará correição extraordinária por dificuldades em bom andamento de trabalhos
Ao retornar de viagem, vítima nota "rastro de destruição" em residência e pertences furtados
DOURADOS
Ao retornar de viagem, vítima nota "rastro de destruição" em residência e pertences furtados
Temperatura média cai quase 2ºC em Dourados em relação a junho do ano passado
CLIMA
Temperatura média cai quase 2ºC em Dourados em relação a junho do ano passado
MS-156
Morador de Dourados é flagrado com maconha em ônibus
DOURADOS
Com motorista bêbado, carro 'roleta' Weimar e faz caminhonete tombar com colisão
LEGISLATIVO DE MS
Contar apresenta Projeto de Lei para classificar restaurantes como atividade essencial
BR-463
Após tentar despistar polícia, jovem com extensa ficha criminal é preso com armas
DOURADOS
Vítima tem moto furtada após estacionar por 40 minutos

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Polícia descarta latrocínio e investiga morte de mulher em Dourados por execução
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"
MONTE ALEGRE
Vídeo mostra ação de dupla armada em mercado de Dourados
IMPORTUNAÇÃO SEXUAL
Mulher é assediada durante pesquisa em Dourados e registra ocorrência