Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
MAGOADOS

Jornal diz que falta dignidade a brasileiros que celebram derrota argentina

15 julho 2014 - 08h30

Um dia após a final da Copa, o jornal argentino Olé provocou os brasileiros que festejaram a derrota da seleção de Alejandro Sabella no Maracanã. "Você não tem dignidade", titulou o jornal, em português. O periódico, conhecido por dar gás a provocações de arquibancada, sugeriu que os brasileiros sofrem de "síndrome de Estocolmo" por terem torcido pela Alemanha, a equipe que atropelou os anfitriões na semifinal por 7 a 1.

"Incrível: os brasileiros festejaram o triunfo da seleção que os humilhou", escreveu o jornal em uma matéria em que lista os memes que tomaram conta da internet depois do tetracampeonato alemão.

"Como se diz dignidade em português?", pergunta o periódico. "Parece que no Brasil eles também têm à mão essa palavrinha, embora não saibam muito bem o que significa."

"Porque, para colocar a camiseta da Alemanha… a seleção que acaba de os humilhar, de os destroçar em mil pedaços, ou melhor, sete pedaços […] Vestir a camiseta só para torcer pelo rival da Argentina, não devem ter noção de dignidade, claro que não", escreveu o jornal.

O Olé e o Tiempo Argentino destacaram uma manchete da versão eletrônica do Lance! Para exemplificar o sentimento que tomou parte dos brasileiros que temiam uma vitória argentina em pleno Maracanã. "Decime que se siente ahora", escrevera o Lance! após a vitória alemã.

Para o Tiempo, a provocação foi uma mostra de vingança e agressividade. O Olé respondeu: "Vou dizer o que se sente: orgulho!"

"Orgulho" e "obrigado", por sinal, foram as palavras mais impressas nos jornais de Buenos Aires nesta segunda-feira (14). "Um obrigado mundial", manchetou o Olé, que também sugeriu que até o Cristo Redentor viu um pênalti não marcado sobre Higuaín.

"Tristeza e orgulho: caímos de pé diante da Alemanha", escreveu o Crônica. "Glória sem taça", foi a escolha do caderno de esporte do La Nación. Já o Clarín, ao passo que também reclama de um suposto erro de arbitragem que definiu o resultado do jogo, também faz uma radiografia da jogada que levou ao gol de Götze, no segundo tempo da prorrogação: "Um gol que ainda nos dói", classificou o periódico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem de 19 anos morre em acidente com motocicleta
CAPITAL
Jovem de 19 anos morre em acidente com motocicleta
TELEFONIA
Governo edita decretos para tentar destravar licitação do 5G
Casal é preso por golpe ao vender carro alugado e alegar "furto"
Fundação de Cultura seleciona artesãos para participar de duas Feiras
OPORTUNIDADE
Fundação de Cultura seleciona artesãos para participar de duas Feiras
Grávida, Geisa Oliveira, ex seleção de basquete, morre aos 42 anos
CAMPINAS
Grávida, Geisa Oliveira, ex seleção de basquete, morre aos 42 anos
DOURADOS
Faculdade Intercultural Indígena publica moção contra o marco temporal
FOGO AMIGO
Militar baleado ao defender mulher na rua recebe alta de hospital
ESPORTE
Dourados enfrenta Miranda na semifinal da Copa Morena neste sábado
PARAGUAI
Com mandado de prisão em abertos, brasileiro é expulso do Paraguai
EDUCAÇÃO
UEMS regulamenta retomada gradual das atividades presenciais

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central