Menu
Busca domingo, 11 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Jogo festivo marca despedida do volante Narciso

05 julho 2005 - 10h02

Foi em clima de festa para cerca de 8.300 convidados na Vila Belmiro que Narciso realizou sua festa de despedida do futebol profissional na noite de ontem, para se dedicar à sua instituição para crianças com leucemia. Em campo, vários nomes consagrados se dividiram entre os times Amigos do Narciso e Fundação Vidar, que acabaram empatando por 9 a 9.O ausente mais sentido na comemoração foi o atacante Robinho, que não havia confirmado sua participação na partida e acabou não entrando em campo. O jogador negocia sua transferência do Santos para o Real Madrid.Narciso, de 31 anos, atuou 266 partidas pelo Santos e marcou 13 gols, também tendo rápida passagem pelo Flamengo. O ex-zagueiro teve a carreira interrompida pela leucemia, mas fez o transplante de medula óssea em 2000 e venceu a luta contra a doença. Ao fim da partida, era visível sua felicidade com o evento, que arrecadou cerca de R$ 41 mil.- Foi a festa da alegria. Quase todo mundo compareceu e fizemos um bom jogo. Nós sabemos como a agenda desse pessoal é cheia. E tem gente aqui, como o Roberto Carlos e o Rivaldo, que eu não via há dez anos. Mas hoje, a maior estrela foi o torcedor, já que isso vai ajudar a muitas pessoas. Fico feliz por me despedir no clube que sempre me deu todo o apoio que precisei - disse Narciso.Pelo Amigos do Narciso, comandado por Serginho Chulapa, Nenê marcou três gols, Gabriel e Rodrigão dois e Paulo César e Júlio Baptista um. Já pela Fundação Vidar, com Geninho no banco de reservas, Deivid fez três, Léo e Rivaldo dois e Renato um. Narciso deixou o dele, de pênalti, aos nove minutos do segundo tempo, sendo muito aplaudido pelo público.Nomes como Cafu, Roberto Carlos, Raí, Antônio Carlos, André Cruz, Marcos Assunção, Ricardinho e Giovanni também compareceram à festa. Denílson, apesar de não ter feito gol, foi o destaque com sua irreverência, tanto nos dribles, quanto nos cartões vermelhos que mostrava a quem o derrubava com falta.- Nós, jogadores, não devemos só jogar futebol. Temos que ajudar também fora de campo. Tenho constante contato com instituições de caridade durante o ano e sei da importância desses eventos - afirmou Roberto Carlos.Opinião idêntica mostrou o capitão da seleção brasileira.- Sempre que houver um evento desse tipo estaremos presentes. Sei que a luta do Narciso vai ajudar a muitas famílias - completou Cafu. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: Brasil registra 72 mil casos e 2,6 mil mortes em 24 horas
SAÚDE
Covid-19: Brasil registra 72 mil casos e 2,6 mil mortes em 24 horas
Wrestling: Laís Nunes leva medalha de ouro em torneio na Bulgária
BRASIL
Wrestling: Laís Nunes leva medalha de ouro em torneio na Bulgária
Real Madrid vence Barcelona por 2 a 1 com golaço de letra de Benzema
INTERNACIONAL
Real Madrid vence Barcelona por 2 a 1 com golaço de letra de Benzema
MEC prorroga prazo de inscrição para o Sisu
NOVO PRAZO
MEC prorroga prazo de inscrição para o Sisu
Petrobras conclui venda de participação em parque eólico no Nordeste
ECONOMIA
Petrobras conclui venda de participação em parque eólico no Nordeste
JUSTIÇA
Fux marca para terça-feira julgamento sobre CPI da covid-19
SAÚDE
Pandemia impacta saúde mental de profissionais da linha de frente
DOURADOS
Homem tem celular roubado por indivíduo armado no centro de Dourados
ECONOMIA
Teto de gastos e reforma da Previdência geraram economia de R$ 900 bilhões
PANDEMIA
Fiocruz: aumento de casos de covid em menores de 59 anos supera 1.000%

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
VILA INDUSTRIAL
Veículo é destruído pelo fogo em Dourados e ocupantes saem ilesos; veja vídeo
RESGATE
Menina estava brincando com irmãos e avó quando se afogou no Rio Dourados
HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã