Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Jogador que tem marca histórica volta ao Sete de Setembro

11 janeiro 2010 - 15h47

O Sete de Setembro de Dourados entra no seu sexto ano no futebol profissional de olho em uma boa participação no Campeonato Estadual de 2010. Entre os jogadores que compõem o elenco desta temporada, um chama a atenção por ter uma marca histórica para o clube.

Em 2005, quando o time estreava no futebol profissional disputando a Série B do Estadual, Christian, meia-atacante, foi o responsável por marcar o primeiro gol da história profissional do Tricolor Douradense. “Foi em um jogo que vencemos o Porto [da cidade de Porto Murtinho] por 2 a 0. Eu marquei o primeiro e o Michel o segundo. Lembro que foi uma sensação muito legal”, lembra o jogador.

Mas Christian não está marcado na história do Sete apenas pelo primeiro gol. Naquele ano, o clube conquistou o título da Série B, o que garantiu a vaga na primeira divisão em 2006, e venceu também o Campeonato Estadual Sub-20, torneio que deu a oportunidade ao time de disputar a Copa São Paulo de Juniores, o principal campeonato da categoria no país e ele estava em todas essas competições.

Christian ficou no Sete de Setembro até 2006 quando foi contratado pelo Águia Negra de Rio Brilhante para disputar a Série A. O bom começo, porém, não impediu que o jovem jogador ficasse afastado do futebol profissional nos dois anos seguintes, retornando apenas em 2009 para disputar a Série B pelo Operário AC de Dourados.
O afastamento de Christian se deu me razão de um problema cardíaco, que por pouco não tirou o jogador dos gramados de forma definitiva, porém com tratamento adequado e um ótimo comportamento fora de campo fizeram com que ele se recuperasse satisfatoriamente, credenciando o jogador a voltar a fazer o que mais gosta, que é jogar futebol.

“Era para ter retornado ao Sete ano passado, quando o time foi comandado pelo Joel [Costa, seu treinador no Águia Negra em 2006], mas não houve acerto com a diretoria anterior. Esse ano mudou tudo e essa oportunidade que estão dando aos jogadores de Dourados, da região, me motivou a retomar a carreira”, disse.
Treinando com o grupo desde o início dos trabalhos no dia 4 de janeiro, Christian ressalta que mesmo sendo um grupo praticamente caseiro, espera que a campanha do time seja melhor que nos anos anteriores e para isso a experiência de jogadores que chegaram de outros clubes como Deyvison, Beto Miranda, Rondineli e Maranhão, por exemplo, será fundamental. “Chegou a hora de mostrar que Dourados tem bons jogadores, não tenho dúvidas que vamos honrar o nome do time e da cidade”, completa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AVANÇO DA COVID-9
Brasil passa a Itália e se torna 3º país com mais vítimas do coronavírus
PONTA PORÃ
Veículos com maconha que seguiam para MG e SP são apreendidos
LIVE SEMANAL
Bolsonaro diz que manifestantes contrários são "terroristas"
CAPITAL
Motorista bêbada oferece R$ 500 a PMs após atropelar entregador
JUSTIÇA
Incorporadora deve rescindir contrato e devolver 75% pago por terreno
BATAGUASSU
Homem tenta entrar em presídio com droga em creme dental e acaba preso
FACADA
MPF conclui que Adélio agiu sozinho em ataque contra Bolsonaro
SETE QUEDAS
Polícia apreende veículo com quase 400 quilos de maconha na MS-160
CORONAVÍRUS
Em uma semana, laboratório da UFGD realiza 129 exames de covid-19
RIO BRILHANTE
Esposa de homem com covid descumpre isolamento e vai parar na delegacia

Mais Lidas

EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados