Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Itahum: Por que emancipação?

24 abril 2006 - 08h38

José Tibiriça Martins FerreiraITAHUM = Itahü = Pedra Preta. Segundo Francisco da Silveira Bueno, autor do Dicionário Escolar da Língua Portuguesa a palavra Emancipação quer dizer, além de outras,  aquisição de maioridade. Desculpe-me Sr. Presidente da Comissão Pró-emancipação do Distrito de Itahum, mas conversei com várias pessoas residentes naquele próspero Distrito, entre elas o Sr. Claudino dos Santos Silva, vulgo Juruna, micro empresário e Eorebes Marques, funcionária pública, ex-Juiz de Paz de Itahum, quando me relataram que foram excluídas da Comissão.Imagino que criar mais um Município no momento atual seria sangrar mais os cofres públicos, pois temos que pagar o salário do Prefeito, vice-prefeito e vereadores que não gostam de ganhar pouco. O problema não é só criar mais um Município e sim pensarmos em algo que pudesse resolver os problemas de Itahum. Quando o Governador do Estado teve a idéia de ressuscitar o antigo comboio da NOB com nome de Trem do Pantanal, sugeri a um deputado eleito por Dourados que aproveitasse o embalo da idéia do Governador e lutasse para a criação do trem do Tereré, mas ele disse que não tomava tereré. Por que não pensarmos na reativação do ramal férreo que ligava Campo Grande a Ponta Porã, criando-se o trem do Tereré, passando por Terenos, Sidrolandia, Maracaju, Itahum e Ponta Porá? Se o governo passado errou privatizando até a ferrovia, podemos lutar pela sua reativação? É ótimo, mas parece que os nossos representantes estão adormecidos.É direito legítimo de cada cidadão que habita o Município de Dourados de discordar, como concordar, com essa idéia de emancipação. Eu já discordo da idéia, pois  temos aqui bem perto o caso de Vicentina e Fátima do Sul que juntos seriam fortes e com o desmembramento os dois municípios se encolheram, mas o interesse maior prevaleceu e foi criado o município de Vicentina. É claro que Itahum vem perdendo a população, tem problema de emprego, saúde, etc.,mas não é a sua emancipação que vai resolver os seus problemas. Com relação à reportagem publicada no final da semana no Jornal O Progresso de que o distrito de Itahum foi criado em 31/07/54, houve um equívoco. O Distrito de Itahum foi criado pela Lei número 661, entrando em vigor a partir de 1º de Janeiro de 1954, conforme publicação DO em 12/12/53.Alguém pode até estranhar o meu posicionamento, mas quero lembrar que no ano de 1988, eu, José Marques Luiz, Dr. Taborda e Manoel Guilherme, estivemos no referido Distrito para ajudarmos ao Sr. José Estulano (Perequeté), com a presença dos moradores, dentre eles, o Sr. Claudino, Abílio Cavalheiro e assim pudemos escrever as primeiras linhas na Ata de Fundação da Associação de Moradores do Distrito. É só conferir. E foi através da associação que no primeiro governo de Braz Melo Itahum recebeu asfaltoItahum e Picadinha são Distritos que os candidatos gostam de visitar quando a eleição está chegando. Falando em Picadinha, quero afirmar que em 1986, no primeiro mandato do Deputado Valdenir Machado foi apresentado pelo mesmo, e aprovado pela Assembléia, o asfaltamento do acesso ao Distrito de Picadinha, hoje denominado Abílio Ferreira. Quero ressaltar que em 2002, no segundo turno, o candidato a Vice-Governador eleito deste Estado, prometeu que lutaria para implantar o asfalto. Foi feito o levantamento topográfico do trecho. Iniciou-se a licitação, mas segundo informações, houve um erro, a licitação foi cancelada e a obra não pôde ser iniciada.Para estranheza nossa, um deputado de nossa cidade fez um pronunciamento em maio de 2005 na Assembléia Legislativa, indagando sobre a fonte de recurso para a empreitada, visto que ele alegara que o asfalto da Picadinha era uma  obra que não estava no plano do Fundersul e que haviam outras prioridades para a região. Em fevereiro desse ano o deputado vai até o Distrito de Picadinha e se reúne com alguns moradores, em companhia de Elípio Delfino, da Elma Engenharia Construtora, conforme matéria veiculada no Jornal O Progresso e Diário MS do dia 14/02/06, e anuncia o início do asfalto para o mês de fevereiro/06.Decorridos 20 anos da aprovação pela Assembléia de Mato Grosso do sul, até a presente data só restou a promessa. Assim, gostaríamos que o nosso Vice-Governador, os nossos 5 representantes estaduais, nossos três secretários de governo que saíram de Dourados, em conjunto com os três deputados federais dessa região, sem levar em conta a cor partidária, que pressionassem o governo para efetivação da obra, pois promessa é dívida.Lembrem-se os senhores que estamos num ano eleitoral.Será que a promessa para a elevação do Distrito de Itahum é viável?Oportunamente, queremos alertar às autoridades que Itahum é com H. Existem placas indicando Itahum sem H e lista telefônica com o nome indicando aquela localidade sem H. José Tibiriça Martins Ferreira é advogado, licenciado em letras com Inglês, pequeno produtor rural na Picadinha

Deixe seu Comentário

Leia Também

Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
BRASIL
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
ESPORTE
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
BRASIL
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
MS
Cargas de 164 m³ de carvão ilegal motivam multa de R$ 49,2 mil em empresa carvoeira
CONSCIENTIZAÇÃO
Cardiopatia congênita: diagnóstico precoce é essencial para tratamento
CAPITAL
Condutor de BMW que causou acidente vai a júri por vitimar motociclista
BRASIL
STF julga inconstitucional regra que veda créditos de PIS/Cofins na aquisição de recicláveis
MS
TRT define regime de teletrabalho a partir de segunda-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
UTI's lotadas agravam classificações de risco do Prosseguir e Dourados retorna à bandeira cinza
DOURADENSE EM RONDÔNIA
Levada pela Covid-19 longe de casa, Nice é enterrada na presença da família
48 HORAS
Medidas restritivas ao comércio em MS passam a valer a partir de domingo
DOURADOS
Após três meses, prefeitura anuncia novo secretário de saúde