Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Irã quer fazer bomba nuclear, diz presidente do Paquistão

28 maio 2005 - 10h45

O presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, afirmou neste sábado que o Irã "está ansioso" para ter uma bomba atômica e que não será possível "barrar" os iranianos no desenvolvimento de armas nucleares. As declarações foram publicadas pela revista alemã "Der Spiegel". "Usar a força [contra o Irã] para interromper a construção da bomba seria um desastre", afirmou Musharraf, ao ser questionado sobre a validade de um ataque "preventivo" dos Estados Unidos contra os iranianos."Isso provocaria uma rebelião no mundo muçulmano", disse o presidente. Nesta quinta-feira, o governo paquistanês enviou à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), partes de antigas centrífugas para ajudar na investigação do órgão sobre o programa nuclear desenvolvido no Irã.Os investigadores da agência poderão comparar as partes enviadas com os equipamentos que foram vendidos ao Irã por Abdul Qadeer Khan, o pai do programa nuclear paquistanês, que está sendo mantido em prisão domiciliar na capital Islamabad, desde que admitiu ter vendido ilegalmente a tecnologia para outros países.Há dois meses, Musharraf afirmou que o governo paquistanês considerava mandar os componentes da centrífuga para a base a AIEA, em Viena (Áustria). Os equipamentos podem ter impressões digitais ou traços de urânio semelhantes aos que foram encontrados nos equipamentos iranianos.IrãO programa nuclear iraniano tem sido investigado pela AIEA por mais de dois anos. Até agora, nenhuma prova de que o Irã fabrica bombas nucleares foi encontrada. Mesmo assim, a agência não emitiu nenhum parecer confirmando que as atividades nucleares iranianas são pacíficas.Em 2003, a AIEA encontrou traços de urânio nos equipamentos iranianos, demonstrando que o material chegou a ser enriquecido em diversos níveis diferentes, podendo ser usado em armas nucleares.Nesta quarta-feira, autoridades iranianas e européias se encontraram em Genebra (Suíça) para tratar sobre a retomada do acordo que estipula a interrupção do programa nuclear iraniano, em troca de cooperação tecnológica e econômica.O ministro iraniano das Relações Exteriores, Kamal Kharrazi, afirmou nesta quinta-feira que o governo do Irã ainda espera que os negociadores europeus apresentem propostas para a suspensão do programa, que, segundo ele, é desenvolvido para fins pacíficos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem morre em acidente envolvendo moto e caminhão na MS-164
FRONTEIRA
Jovem morre em acidente envolvendo moto e caminhão na MS-164
O QUE DIZ A CIÊNCIA
Veja 10 razões que indicam que o coronavírus é transmissível pelo ar
CAPITAL
Preso sexto envolvido na execução de homem encontrado com tiro na nuca
Presidente da Assomasul vai a Brasília e se encontra com Azambuja 
REGIÃO
Presidente da Assomasul vai a Brasília e se encontra com Azambuja 
Proprietários rurais de MS são orientados sobre prevenção aos incêndios 
OPERAÇÃO `PROLEPSE
Proprietários rurais de MS são orientados sobre prevenção aos incêndios 
DOURADOS
Prefeitura inicia pavimentação asfáltica no Jardim das Primaveras
ANDERCI
Namorado diz que roubava com professora morta para comprar cocaína
GERAL
Ciclista sul-mato-grossense de 16 anos é contratado por equipe portuguesa
MEIO AMBIENTE
Ambiental recolhe 4 filhotes de coruja de forro de residência em reforma
EDUCAÇÃO
UEMS divulga 3ª convocação para matrículas de 22 a 26 de abril

Mais Lidas

DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa
DOURADOS
Jovem confessa 18 tiros, mas diz que idoso morreu antes por enforcamento
IVINHEMA
Polícia encontra mais de 800kg de maconha em casa alugada para o tráfico
DOURADOS
Ladrão invade alojamento do Hospital da Vida e leva pertences de enfermeiras