domingo, 07 de agosto de 2022
Dourados
29°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Instituto cria 'rato maratonista' que corre o dobro do normal

24 agosto 2004 - 23h45

Cientistas americanos criaram um rato geneticamente modificado capaz de correr o dobro do normal antes de ficar exausto. Por conta das Olimpíadas, o animal já foi apelidado de "rato maratonista". Os cientistas do Instituto Médico Howard Hughes, na Califórnia, disseram que a descoberta pode levar à criação de remédios e tratamentos genéticos que podem aumentar a resistência dos atletas. Os cientistas acrescentaram uma cópia ativa extra de um gene normal do rato, chamado PPAR-delta. Os humanos têm o mesmo gene, e duas empresas farmacêuticas já estão desenvolvendo remédios para aumentar a sua atividade. Obesos O responsável pela pesquisa, Ronald Hughes, disse que esses remédios em desenvolvimento poderão um dia ser usados por atletas de provas de resistência, mas o uso primordial deverá ser outro. "O uso seria, em particular, para pessoas acima do peso, ou para quem tem problema para fazer exercícios", disse o médico. "Quase por definição, atletas e corredores teriam um interesse no assunto porque o tratamento pode ajudá-los a se exercitar de modo mais eficiente. Então, há a possibilidade de atletas abusarem da substância, como qualquer outra." No "rato maratonista", o gene PPAR-delta trabalha mudando o músculo. O rato passa a ter mais fibras de contração lenta, que queimam gordura e são necessárias para os maratonistas. Atletas passam horas e horas treinando para melhorar o desempenho dessas fibras. Agora já existe uma pílula que pode fazer a mesma coisa. Também é possível que, no futuro, atletas façam tratamento genético baseado no mesmo conceito. Outros pesquisadores já criaram um rato "superforte" manipulando genes, e alguns especialistas acreditam que a era dos atletas "geneticamente melhorados" vai chegar logo. O resultado da pesquisa foi publicado na revista online The Public Library of Science Biology.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Varíola dos macacos: entidades criticam estigma a homossexuais

Homem é espancado em construção abandonada na Capital
POLÍCIA

Homem é espancado em construção abandonada na Capital

GERAL

Justiça nega 'habeas corpus' pedido pela defesa do cônsul alemão

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel
REGIÃO

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel

CULTURA

Academia Brasileira de Letras reabre bibliotecas para o público

CAPITAL

Mulher capota veículo e é socorrida pelo Corpo de Bombeiros

DIREITOS HUMANOS

Lei Maria da Penha completa 16 anos neste domingo

POLÍCIA

Foragido da justiça é preso em abordagem na fronteira

POLÍTICA

Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%

POLÍCIA

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado