Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Índios libertam turistas norte-americanos no Amazonas

19 agosto 2002 - 15h24

A pesca ilegal nas águas do rio Marmelo, dentro da reserva dos índios Mura-Pirahãs, localizada no município de Manicoré (AM), rendeu problemas para três turistas norte-americanos.
Os turistas passaram o final de semana presos na reserva depois que um grupo de índios armados de flechas e espingardas os surpreendeu pescando. A atividade foi organizada pela agência de viagens NG Turismo.
Os índios disseram que o dono da NG Turismo já tinha sido avisado de que o barco da empresa vinha invadindo sua reserva regularmente.
"A própria Funai tinha advertido os diretores da empresa sobre a pesca ilegal dentro do rio Marmelo", disse o administrador da Funai em Manaus, Benedito Rangel.
Os equipamentos de pesca foram liberados pelos índios. Os americanos vão prestar depoimento ainda hoje para explicar a invasão à reserva.



Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Paulistão tem data de inscrição ampliada e rebaixamento mantido
DESCAMINHO
Veículos são apreendidos com produtos contrabandeados
MATO GROSSO DO SUL
No dia do Oncologista, médico diz que é um grande compromisso trabalhar nesta especialidade
BRASIL
Bolsonaro apresenta boas condições de saúde, diz Planalto
PANDEMIA
Pedidos e calamidade pública chega a mais da metade de cidades em MS
CRIME AMBIENTAL
Douradense é multado por armazenar combustível de forma ilegal
ECONOMIA
Caixa ultrapassa R$ 5 bi em crédito a micro e pequenas empresas
ECONOMIA
Dólar fecha em queda com investidores monitorando a pandemia
JARDIM MÁRCIA
Homem é preso por violação de domicílio e tentativa de furto em Dourados
DOURADOS
DOF prende dois passageiros de ônibus com tabletes de maconha

Mais Lidas

DOURADOS
Decreto vai mandar fechar bares e academias por 10 dias
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados
DOURADOS
Publicado, decreto que fecha bares e academias por 10 dias poderá ser prorrogado
DOURADOS
Após trégua, frio intenso deve voltar até o final de semana