quarta, 26 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
27°min
Campo Grande
34°max
23°min
Três Lagoas
37°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Incra diz que não lhe cabe mediar conflitos por terras em MS

28 janeiro 2004 - 10h15

A direção do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), presidida por Luiz Carlos Bonelli, não se considera responsável pela resolução de conflitos por terra em Mato Grosso do Sul. Em nota divulgada há pouco, salienta que "compete ao Incra a obtenção de terras, a implantação e o desenvolvimento dos projetos de assentamentos, não cabendo a mediação de eventuais conflitos nos acampamentos de sem-terra".A Superintendência Regional do Incra de Mato Grosso do Sul realizou no ano de 2003 o cadastramento de todos os trabalhadores rurais acampados no Estado de Mato Grosso do Sul que reivindicam terra para Reforma Agrária, totalizando 17.002 famílias.No ano de 2003 a Superintendência Regional no Mato Grosso do Sul, vistoriou 157.786,68 ha de terra, sendo várias áreas improdutivas, outras produtivas e algumas faltando a classificação. No ano de 2002 foram vistoriadas 67.416,71 ha., sendo portanto, a área atual total vistoriada de 225.203,39 ha. São quatro áreas que já foram ajuizadas, aguardando a emissão de posse e para imediata implantação de assentamento, outras aguardam publicação do decreto de desapropriação. A meta é assentar 22 mil famílias até 2006.A Superintendência Regional do Incra celebrou parceria com o Governo do Estado para a cedência de profissionais para melhorar a capacidade operacional do órgão, visando a arrecadação de terras e a implantação e o desenvolvimento dos novos projetos. O direção do Incra diz que está implantando um novo modelo de assentamento baseado no planejamento e na gestão, visando a geração de renda e respeitando as aptidões de cada agricultor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM NOROESTE

Morre em hospital homem que foi esfaqueado no peito pela esposa

JUSTIÇA

Roberto Jefferson é condenado a indenizar Manuela D'Ávila em R$ 10 mil

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas
SUMIÇO

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas

RELATÓRIO

Brasil piora duas posições no ranking de corrupção e fica em 96º lugar

TRÊS LAGOAS

Com carro furtado, radialista derruba portão e invade pelotão da PM

PANDEMIA

Com aumento de casos, Mato Grosso do Sul abre leitos de UTI Covid

COSTA RICA

Horas antes de morrer, enfermeira comemorou 'retorno para casa'

BLOCO ECONÔMICO

OCDE formaliza convite para início da adesão do Brasil à organização

LAGUNA CARAPà

Mulher clica em e-mail, tem conta do pai hackeada e perde R$ 90 mil

MERCADO FINANCEIRO

Dólar cai para R$ 5,43, com fluxo estrangeiro para países emergentes

Mais Lidas

DOURADOS

Durante confusão, jovem tenta dar facada na ex e acerta a mãe

NOVA ANDRADINA

Mulher sai para pedalar e é encontrada morta com sinais de estupro

VIOLÊNCIA

Por ciúmes, mulher destrói carro e agride ex em Dourados

DOURADOS

Acidente deixa policial em estado grave e motorista é preso por embriaguez