Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Imprensa não tem de checar dado oficial, decide Tribunal do RJ

22 março 2008 - 14h51

Se a imprensa reproduz fatos relatados por autoridades, não está sujeita ao pagamento de indenização por dano moral. O entendimento é da maioria dos desembargadores da 12ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que julgou a ação movida pela empresa Saudec contra o Jornal do Brasil. Cabe recurso, informa a Revista Consultor Jurídico.

Para o desembargador Siro Darlan, se a informação é atribuída à fonte oficial, o jornal não é obrigado a apurar todos os dados, sob o risco de a notícia ficar ultrapassada. O desembargador entendeu que a matéria não fez valoração ou juízo. Segundo Darlan, a empresa deveria se voltar contra a autoridade que forneceu as informações.

Ele lembrou que no site da Polícia Federal ainda consta o nome da empresa como alvo de investigações. Além disso, afirma Darlan, em entrevista coletiva, foi citado o nome da Saudec.

O advogado da empresa, Alexandre Kronig afirmou que vai entrar com Embargos de Declaração. O objetivo é que os desembargadores que votaram contra o recurso justifiquem o motivo de não considerarem o depoimento do delegado. Segundo o advogado, o delegado afirmou que não passou as informações à jornalista.

O caso

A empresa entrou com uma ação contra o jornal por causa de uma notícia que a associava com o fornecimento de substâncias químicas para a produção de droga ilegal. De acordo com os autos, a empresa dividia o escritório com a Saldequímica, objeto de investigação pela Polícia Federal.

Em primeira instância, o pedido foi julgado procedente e o jornal condenado a pagar R$ 175 mil à empresa. O jornal recorreu e a 3ª Câmara Cível, por maioria, reformou a decisão. Segundo o relator do apelo, desembargador Luiz Fernando de Carvalho, quem deve investigar e apurar os fatos são os policiais e não os jornalistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comércio, bancos e repartições públicas; confira o abre e fecha de Finados
DOURADOS
Comércio, bancos e repartições públicas; confira o abre e fecha de Finados
Investigação aponta que fraudes em auxílio emergencial devem ultrapassar R$ 1,3 milhão
OPERAÇÃO INESCRUPULOSOS
Investigação aponta que fraudes em auxílio emergencial devem ultrapassar R$ 1,3 milhão
CARAVANA DA SAÚDE
SES solicita à pacientes atualização cadastral do Cartão do SUS para realização de exames e cirurgia
BRASIL
Integrantes da CPI entregam relatório final à PGR e ao STF
Homem é morto após confronto com a polícia na Capital
REGIÃO
Homem é morto após confronto com a polícia na Capital
NEGÓCIOS E CIA
Veja cinco dicas valiosas para começar a investir com segurança
INFRAESTRUTURA
Em Nova Alvorada do Sul, Riedel entrega obras estruturantes que vai mudar o cenário da região
BELA VISTA
Homem abate dourado e acaba preso e autuado em R$ 5,1 mil
CAMPO GRANDE
Acidente entre carretas deixa uma pessoa morta e outra presa às ferragens
LEGISLATIVO DE MS
Após indicação de Neno Razuk, Governo do Estado divulga edital de concurso para perito forense no MS

Mais Lidas

DOURADOS
Namorada posta 'status' de jovem com arma, polícia rastreia carro e prende rapaz
LAGUNA CARAPÃ
Motorista morre prensado ao tombar caminhão na MS-379
DOURADOS
Três vias de Dourados passam a ser "mão única"
DOURADOS
Jovem formou consórcio com amigos para comprar e usar ecstasy em festas