Menu
Busca domingo, 18 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Igreja católica se posiciona favorável ao desarmamento

08 outubro 2005 - 17h03

A Igreja Católica em Dourados se posiciona contra a venda de armas de fogo e munição no país. O assunto vai ser tema de referendo daqui a duas semanas, quando os eleitores vão decidir se são contra ou a favor da proibição da venda de armas de fogo e munição no Brasil. Os membros da Igreja Católica acreditam que o desarmamento vai contribuir para a redução nos índices de violência no Brasil. Os católicos também afirmam que é preciso lutar sempre em favor da vida e não contribuir para a destruição da vida humana. Para o padre Flávio Silveira de Alencar, chanceler da Cúria Diocesana de Dourados, o uso de armas é recomendável apenas às Forças Armadas e auxiliares e não deve ser usada pelo cidadão de bem. Na opinião do sacerdote, a falta de preparo das pessoas diante de uma arma resulta no alto número de acidentes domésticos com armas de fogo. “Ter uma arma em casa não é sinônimo de segurança. Se não houvesse armas, muitas tragédias poderiam ser evitadas todos os dias”, garante o padre. Para padre Flávio, o cidadão comum, mesmo portando uma arma, não possui condições de se defender contra um bandido em uma situação de perigo. “O bandido está preparado para qualquer coisa e não tem nada a perder. Neste caso, é melhor perder os bens do que a própria vida ou colocar em risco a segurança da família”, opina. Segundo ele, não há um direcionamento direto para que os católicos votem “sim” no dia 23 de outubro, mas uma orientação sobre a palavra de Deus, “que sempre se orienta em favor da vida”. “Os fiéis são livres para escolher, mas o cristão deve, moralmente, viver segundo a palavra de Deus”. Segundo o sacerdote, a Igreja Católica não pode ser favorável ao desarmamento e nem à indústria bélica existente no mundo. Ele acredita que os recursos investidos em guerras e na produção de armamentos deveriam ser investidos em questões sociais. Com informações do site de notícias Diário Online.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pescador é autuado em R$ 1 mil e tem barco apreendido
MS
Pescador é autuado em R$ 1 mil e tem barco apreendido
Prefeitura aponta saldo positivo de lockdown em cidade paulista
PANDEMIA
Prefeitura aponta saldo positivo de lockdown em cidade paulista
Agesul estima até R$ 1,2 milhão por LED com fonte solar na MS-156
DOURADOS
Agesul estima até R$ 1,2 milhão por LED com fonte solar na MS-156
Estado inicia estudos técnicos para concessão da MS-112 e trechos das BR-158 e 436
RODOVIAS
Estado inicia estudos técnicos para concessão da MS-112 e trechos das BR-158 e 436
Pescadores são autuados pela PMA por uso de tarrafas e petrechos ilegais
POLÍCIA
Pescadores são autuados pela PMA por uso de tarrafas e petrechos ilegais
REGIÃO
Jovem é presa a 2,5 mil quilômetros de casa com maconha que lhe renderia R$ 2 mil
MS
Governo institui grupo técnico para coordenar ações de resgate de animais silvestres
DOURADOS
Homem morre no Hospital da Vida uma semana após queda de telhado
DOURADOS
Homem é socorrido com ferimentos na cabeça e mulher relata invasão
BRASIL
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto
RONDAS
Bicicleta roubada há 14 anos é recuperada em Dourados