Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
TV

Ibope da TV paga dispara 30% na madrugada

04 junho 2015 - 10h00

Em apenas um ano, a audiência da TV paga no horário entre 0h e 6h cresceu mais de 30%, segundo dados obtidos do ibope na Grande São Paulo. Esse horário no passado era desprezado por todas as emissoras, mas tem se tornado cada vez mais importante e rentável.

O motivo é que entre 30% e 40% dos aparelhos de TV continuam ligados na Grande São Paulo nas madrugadas – um público nada desprezível.

Emissoras como SBT e Globo, as únicas TVs abertas que não vendem horário para igrejas, beneficiam-se nesta faixa por atraírem o grosso do público laico. Mesmo assim, é a TV paga que está nadando de braçadas nessa faixa.

Em maio do ano passado, o ibope dos chamados Outros Canais (OCNs) – que englobam apenas canais fechados e segmentados e excluem todas as TVs abertas – era de 4 pontos nas madrugadas.

No mês passado, porém, essa média passou para 5,4 pontos (cada ponto vale por 67 mil domicílios na Grande São Paulo).

Para efeitos de comparação, nessa faixa horária a Globo marcou média de 4,6 pontos, o SBT teve 3,0 pontos, e a Record, 1,7 ponto; Band teve ainda menos: 0,6. Ou seja, a TV paga já tem mais ibope que SBT, Record e Band somadas.

Pela primeira vez, desde que a medição do Ibope é feita, a TV por assinatura ficou à frente da Globo em dois meses consecutivos. Seria o início de um padrão?

Talvez, pois o fenômeno é recente. Em dezembro, por exemplo, a Globo registrava média de 6,0 pontos, contra 4,9 da TV paga. Em março ambas já estavam perto do empate. Em abril, veio a virada dos canais fechados sobre a então líder.

Em outras faixas do dia e no horário nobre, porém, a Globo continua líder.

Média nacional

No ibope medido nas 15 principais regiões metropolitanas de São Paulo, a TV paga também está pouco a pouco se aproximando da líder, Globo.

Nas 24 horas do dia, a Globo tem média de 11,2 pontos (cada ponto = 233 mil domicílios), enquanto só os canais fechados têm 8 pontos.

É óbvio que são dois segmentos diferentes: é uma única emissora contra mais de 70 canais diferentes. Porém, é preciso apreciar que a TV paga existe há pouco mais de 20 anos no Brasil, enquanto a Globo tem 50.

Além disso a Globo é gratuita, e os canais pagos são quase todos segmentados e específicos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Setembro Verde: Central de Transplantes realiza live no próximo domingo
POLÍCIA
“Ordem do presídio”, diz ladrão de 17 anos que atirou em caminhoneiro
FUTEBOL
STJD indefere pedido e confirma Palmeiras e Flamengo para domingo
MEIO AMBIENTE
Polícia desmonta acampamento, apreende arma e munição e evita caça ilegal
RIO DE JANEIRO
Lava Jato denuncia Wassef e mais 4 por peculato e lavagem de dinheiro
CAMPO GRANDE
Envolvido em acidente que matou militar do Exército é Guarda Municipal
ENTREVISTA COM BIAL
Mandetta diz que alertou Bolsonaro sobre morte de milhares: 'Reação foi raivosa'
REGIÃO
Proprietário rural é autuado em R$ 7 mil por desmatamento de mata protegida por lei
NÚMEROS DA TRAGÉDIA
Brasil registra mais 826 mortes por Covid-19 e total chega a 140.709
NAVIRAÍ
Após 3 dias, bombeiros encontram corpo de homem que caiu em rio

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados