Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Humberto lança campanha para reduzir número de acidentes

17 setembro 2005 - 13h26

O deputado estadual Humberto Teixeira (PDT) iniciou ontem à noite o trabalho de conscientização com a sociedade para reduzir a violência no trânsito de Dourados. A audiência pública realizada na Câmara Municipal envolveu autoridades ligadas ao tema e contou com o apoio da comunidade que participou e debateu junto com os componentes da mesa as melhores soluções para reduzir os números alarmantes de acidentes.O objetivo do parlamentar é reverter o quadro de estatísticas de ocorrências com a ajuda do poder público e, principalmente, da sociedade. “Daqui a alguns meses queremos voltar e mostrar números diferentes dos de hoje. Dourados é a campeã sul-mato-grossense em acidentes de trânsito e os jornais estão aí para comprovar isso. Todos os dias encontramos matérias sobre alguma batida seja na cidade ou nas estradas e não podemos nos acostumar com isso”, afirmou o deputado.Para Humberto Teixeira, o poder público tem obrigação de cuidar do trânsito, mas a comunidade também precisa cumprir o seu papel tendo responsabilidade. “Faço aqui uma proposta simples a todos: antes de sair de casa para trabalhar, pare alguns minutos e reflita. A vida de cada um de nós é mais importante do que qualquer outra coisa. Precisamos ter pressa sim, mas para dar importância à vida”, destacou o parlamentar. Para o deputado, o bom motorista é aquele que se está na preferencial e é capaz de parar se algum carro cruzar a sua frente.Ao tomar a palavra, o tenente do Corpo de Bombeiros, Leonardo Rodrigues Congro, mostrou estatísticas de salvamentos realizados no trânsito. “Antes de tomar qualquer decisão, precisamos focar quais são os nossos principais problemas e os números nos mostram onde estão os pontos mais graves”, disse ele. Conforme as pesquisas, a quantidade de vítimas socorridas pelo Corpo de Bombeiros cresceu assustadoramente de 2004 para 2005. Em agosto deste ano, por exemplo, os atendimentos alcançaram um pico de 227 pessoas, já no ano anterior, o número ficou bem abaixo dos 200. O tenente mostrou ainda imagens de acidentes atendidos pelos bombeiros e explicou que as ocorrências envolvendo moto e carro geralmente são as mais violentas. “Entre as principais causas de acidentes está a distração, o cansaço, a embriaguez, a falta de prática, a negligência e a imprudência”, ressaltou Congro.Quem também esteve presente para expor as conseqüências da irresponsabilidade no trânsito foi o médico Antônio Humberto Gonçalves Moreira, chefe do Departamento de Ortopedia do Hospital Evangélico. As estatísticas apresentadas por ele mostraram que o setor atende 1.400 pacientes por mês e realiza cerca de 190 cirurgias no período.Entre as sugestões levantadas durante o encontro está a implantação de uma campanha educativa permanente sobre o trânsito nas escolas. Também foram propostos estudos para reordenar o trânsito de Dourados, a criação de um fórum permanente para discutir o problema, além de uma Agência de Trânsito. A violência ainda será tema de reuniões segmentadas a serem marcadas com órgãos governamentais, clubes de serviços, sindicatos de taxistas, moto-taxistas, moto-entregadores e com a imprensa.Também compuseram a mesa o vice-prefeito de Dourados, Albino Mendes, a vereadora e presidente da Câmara Municipal, Margarida Gaigher, o deputado federal Geraldo Resende, o diretor de veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), César Caimar, o superintendente de Trânsito de Dourados, Oslan Estigarribia, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Acid), Jairo de Ost, o comandante da Guarda Municipal, Manoel Capilé Palhano e o tenente coronel Isaías Ferreira Bitencurt, comandante do Corpo de Bombeiros de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Multas a fazendeiro e falsa agrônoma chegam a R$ 90 mil por desmatamento
MS
Multas a fazendeiro e falsa agrônoma chegam a R$ 90 mil por desmatamento
Dia D vai vacinar idosos acima de 61 anos contra a Covid neste sábado
DOURADOS
Dia D vai vacinar idosos acima de 61 anos contra a Covid neste sábado
BRASIL
CBF define potes de sorteio da terceira fase da Copa do Brasil
MS
Egresso da UEMS é o primeiro historiador de MS a receber registro profissional
Após quase um mês de estiagem, chuva chega e derruba temperatura em Dourados
TEMPO
Após quase um mês de estiagem, chuva chega e derruba temperatura em Dourados
BRASIL
Pandemia pode manter níveis críticos ao longo de abril, diz Fiocruz
MS
Polícia civil realiza incineração de droga avaliada em mais de R$ 300 mil
JARDIM
Ao limpar arma, jovem atira no próprio pé e, por não ter autorização para posse irá para delegacia
MS
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no site
MS-164
Veículos com 450 pacotes de cigarros contrabandeados são apreendidos

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista