Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Humberto alerta para prejuízos com decisão do Detran

12 junho 2006 - 09h25

Deputado estadual Humberto Teixeira (PDT) está cobrando a revisão da decisão do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) que suspende os exames práticos e teóricos para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em 28 municípios do Estado.Para o parlamentar, a medida que visivelmente busca a redução de despesas pelo Detran tem conseqüências que devem ser analisadas com mais atenção pela direção do órgão.Conforme declarou Humberto Teixeira, o aumento da despesa para o cidadão que busca este documento, muitas vezes como ferramenta para o ingresso no mercado de trabalho e a dificuldade das pequenas auto-escolas destes municípios para as quais esta medida é quase uma sentença de morte, são desdobramentos que devem levar à revisão desta decisão.Humberto explicou que com a medida tomada pelo Detran, a lista de desempregados deve aumentar. Segundo o deputado, alguns funcionários dos centros de formação de condutores localizados nos municípios onde não mais serão realizados os exames devem acabar sendo dispensados. “O movimento nestas auto escolas tende a cair assim como os rendimentos de seus proprietários que investiram valores consideráveis em seus estabelecimentos que agora passam a ficar ameaçados de fechar”, disse.De acordo com o Decreto 12.105 de 16 de maio de 2006 do Detran que estabelece normas administrativas para a redução de despesas no âmbito do Poder Executivo em vigor já a partir deste mês, a banca examinadora não realizará exames práticos e teóricos nos municípios de Alcinópolis, Anaurilândia, Antônio João, Bandeirantes, Bodoquena, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Itaquiraí, Juti, Laguna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Rio Negro, Santa Rita do Pardo, Terenos, Anastácio, Angélica, Aral Moreira, Batayporã, Caracol, Douradina, Inocência, Jateí, Ladário, Nioaque, Pedro Gomes, Rochedo, Selvíria e Vicentina.A medida foi tomada para que haja contenção de gastos com transporte, hospedagem e alimentação dos examinadores. Segundo informações do Detran, os exames estavam sendo realizados em municípios que não tinham a mínima estrutura viária e a tendência é haver uma decisão nacional de efetuar as provas apenas em cidades onde o trânsito seja municipalizado, tenha sinalização adequada e frota mínima.Membros da Assembléia Legislativa já aprovaram a indicação de Humberto Teixeira que está sendo encaminhada ao diretor-presidente do Detran, Gilberto Tadeu Vicente.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
SISTEMA DE SAÚDE
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Brasil recebe lote de vacinas da Pfizer pelo consórcio Covax Facility
ESPORTES
Liga das Nações: Brasil termina 1ª fase com vitória e enfrenta Japão
CULTURA
Exposição com obras de Conceição dos Bugres fica no Masp até janeiro
POLÍTICA
Congresso recebe iluminação verde para incentivar preservação ambiental
PANDEMIA
Brasil registra 17,9 milhões de casos de covid-19 e 501,8 mil mortes
POLÍTICA
Vereadores votam LDO da Capital na terça-feira com projeção de R$ 4,669 bilhões
BRASILEIRO
Ceará domina Inter fora de casa, mas duelo acaba empatado
REGIÃO
Jovem é detido por populares após roubar de cerveja em conveniência
ESPORTES
Judô paralímpico do Brasil vai quatro vezes ao pódio na Inglaterra

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"