Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Hugo Chávez ganha referendo e continua na presidência

16 agosto 2004 - 09h11

Hugo Chávez venceu o referendo na Venezuela e poderá concluir seu mandato até 2007. A opção "não", favorável ao presidente, alcançou 4.991.483 votos(58,25%), enquanto o "sim", que tiraria Chávez do poder, chegou a 3.576.517 (41,74%). O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela, Francisco Carrasquero, às 3h47 do horário local (4h47 de Brasília). Até o momento, 94,49% dos votos foram apurados. Os votos que ainda não foram computados não são suficientes para a oposição reverter o resultado. Aguarda-se agora que o CNE divulgue o resultado oficial, por meio do repasse dos dados aos meios de comunicação local. O anúncio premilinar foi feito por um comunicado à imprensa, ao contrário do que havia sido acordado. Oposição diz que o anúncio foi feito pelo setor "oficialista" do Conselho. No entanto, minutos antes do anúncio, o vice-presidente do CNE, Ezequiel Zamora, e a reitora, Sobella Mejías, advertiram que os dados do primeiro boletim não foram contrastados pelos organismos internacionais que atuam como observadores. "O CNE vai emitir o primeiro boletim com resultados do referendo realizado no dia 15 de agosto sem que as partes e os organismos internacionais e nós tenhamos constatado as atas de apuração", disse Mejías. A Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Centro Carter dos Estados Unidos, que atuam como observadores do processo, não se pronunciaram ainda sobre os números divulgados pelo CNE. Este é a oitava vitória eleitoral dos partidários de Chávez, duas presidenciais e seis consultas e referendos, entre eles o que decidiu a instalação da Assembléia Constituinte que redigiu a nova Constituição Bolivariana de 1999, preconizada por Chávez e que criou a figura do referendo revogatório. Para que Chávez deixasse a presidência, a Coordenadoria deveria ter obtido mais que os 3,7 milhões de votos com os quais o presidente ganhou as eleições de julho de 2000 e, além disso, superar os dos chavistas. "Um regalo para Bush", diz ChávezLogo após a divulgação do resultado, o presidente venezuelano falou a milhares de simpatizantes. "Às 4h30 da madrugada do dia 16 de agosto de 2004 foi a hora em que corremos cem diabos da Venezuela", falou Chávez, para o delírio da multidão, referindo-se ao modo como chama o presidente americano, George W. Bush. Em um discurso entusiasmado e ao mesmo tempo conciliador, Chávez procurou agradecer ao CNE, aos observadores internacionais e até mesmo aos setores da oposição que ele considera "coerentes". E fez, mais uma vez, uma exaltação à "Constituição bolivariana". No discurso, em que revelou ter recebido uma mensagem de felicitações de Diego Maradona, Chávez não poupou ironias a Bush. "Fui informado que a bola caiu no centro da Casa Branca", disse. Nos dias que antecederam ao referendo, Chávez afirmou que o resultado seria como uma tacada em uma bola de beisebol em direção aos Estados Unidos. "Um regalo para Bush", arrematou Chávez. O referendo, no qual participaram 8,5 milhões de venezuelanos, 75% do censo, foi considerado "histórico" pelas autoridades do CNE. A votação se prolongou por mais de 20 horas durante as quais formaram-se longuíssimas filas em frente aos 8.400 centros eleitorais. Pouco após votar, Chávez disse que esta consulta ia contra a imagem de ditador que setores da oposição, junto com meios de comunicação, difundiram pelo mundo.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agetran faz cerca de 400 abordagens na primeira blitz do Maio Amarelo
DOURADOS
Agetran faz cerca de 400 abordagens na primeira blitz do Maio Amarelo
NAVIRAÍ
Operação multa arrendatário em R$ 12 mil por incêndio em pastagem
IMPEACHMENT
Tribunal absolve governador de Santa Catarina, que reassumirá o cargo
PONTA PORÃ
Baleado, homem cruza fronteira, é socorrido por policiais e morre em hospital
Detran/MS realiza neste sábado mutirão para renovação de CNH
Boliviano líder de grupo atuava no tráfico de cocaína é extraditado ao Brasil
FUTEBOL
Costa Rica faz 3 a 0 no União/ABC e encerra turno do hexagonal na liderança
MEIO AMBIENTE
PMA captura tamanduá-bandeira no banheiro de residência em Itaporã
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil registra mais 2.217 mortes por Covid e se aproxima de 420 mil
INJÚRIA RACIAL
Copeiro pede demissão e aciona polícia ao ter cabelo comparado a pelos pubianos

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo