Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
(67) 99257-3397

HR da capital tem 12 máquinas de hemodiálises paradas

02 fevereiro 2004 - 17h32

Enquanto a Santa Casa de Campo Grande enfrenta problemas com as máquinas de hemodiálise,  o que obrigou a transferência de pacientes para uma clínica particular, as 12 máquinas para tratamento de hemodiálise instaladas no Hospital Regional, em Campo Grande, que deveriam começar a operar este mês, devem entrar em operação só em março, segundo explicou hoje ao Campo Grande News o secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, João Paulo Esteves. Os equipamentos estão no Hospital desde o ano passado.Conforme o secretário, o serviço seria ativado em fevereiro, mas, um problema na "agenda" das autoridades estaduais deve obrigar o adiamento para março. Esteves explica que, além da realização do seminário de planejamento do governo do Estado, a data foi adiada para que representantes da bancada federal, que negociaram verbas para a saúde no Estado, estejam presentes. De acordo com o secretário, os equipamentos serão suficientes para o atendimento de pelo menos 60 pacientes, por dia, em três turnos, levando em conta a reserva técnica de uma máquina e de outra para a chamada linha amarela, quando um aparelho é destinado ao tratamento de pessoas com hepatite, por exemplo. O secretário explicou que além do início das atividades das máquinas de hemodiálise do HR, serão instalados no próximo mês mais seis equipamentos em Aquidauana, distante 148 quilômetros de Campo Grande. As máquinas foram doadas pelo Ministério da Saúde, que distribuiu aproximadamente 700 para todo o País, dessas 24 vieram para Mato Grosso do Sul, sendo destinadas para Aquidauana, Campo Grande e Três Lagoas. A expectativa é de que, com os equipamentos, o volume de atendimentos na Santa Casa seja desafogado. Há três meses máquinas do setor de hemodiálise na Santa Casa apresentaram problemas e os pacientes foram transferidos na última semana para a clínica Hiper Rim, que também atende pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O secretário João Paulo Esteves afirmou que tomou conhecimento do problema pela imprensa e chegou conversar com uma médica que atende no hospital para se inteirar sobre a questão. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BASQUETE
Seleção feminina é vetada no Sul-Americano devido à covid-19
Proprietário de chácara é autuado e multado em R$ 5 mil por crime ambiental
AQUIDAUANA
Proprietário de chácara é autuado e multado em R$ 5 mil por crime ambiental
ASSEMBLEIA DE MS
Deputados aprovam autorização de venda de arma a policial aposentado
MATO GROSSO DO SUL
Municípios tem até amanhã para entregarem documentação do ICMS Ecológico
PM prende jovem por tentativa de homicídio e cumpre mandado conta homem que estava no local
CASSILÂNDIA
PM prende jovem por tentativa de homicídio e cumpre mandado conta homem que estava no local
OPERAÇÃO
Em operação conjunta, Polícia Civil recupera 10 motocicletas e prende suspeitos
PANDEMIA
Anvisa tem 30 dias para decidir sobre importação de Sputnik V
MEDIDA
Prefeitura suspende serviços de limpeza urbana em Dourados após decisão do TCE
POLÍCIA
PM prende dois homens após furto em comércio
BRASIL
Câmara: relator apresenta nova proposta para Código de Processo Penal

Mais Lidas

ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem foi baleado com cinco tiros no Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II