quinta, 18 de agosto de 2022
Dourados
30°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Hospitais que reduzirem leitos terão mais dinheiro do SUS

19 agosto 2004 - 15h26

O Ministério da Saúde irá aumentar o valor da diária paga pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para os hospitais psiquiátricos que reduzirem o número de leitos. Os percentuais de aumento variam de 3,77% para hospitais de maior porte (acima de 600 leitos) a 24,62% para hospitais de menor porte (com até 160 leitos). “Já estamos aplicando, desde o início do ano, um tratamento diferenciado em termos dos valores das diárias. Aqueles hospitais com menor número de pacientes e aqueles que forem reduzindo o número de pacientes e de leitos ganham um adicional, a diária se torna maior, um estímulo ao processo de desospitalização e melhoria da qualidade do atendimento para os que permanecem”, afirmou Humberto Costa. O aumento faz parte do Programa de Reestruturação da Assistência Hospitalar no SUS, lançado em fevereiro de 2004. O programa integra a Política Nacional de Saúde Mental, que tem como eixos principais a redução gradativa de leitos psiquiátricos e o reforço da rede extra-hospitalar. O Brasil tem atualmente 47.843 leitos psiquiátricos. Segundo o Ministério da Saúde, entre janeiro do ano passado e julho de 2004 já foram extintos 4.627 leitos. Até o primeiro semestre de 2005, a meta é acabar com mais 3,5 mil leitos. A redução do atendimento hospitalar ocorre simultaneamente à reinserção dos pacientes no convívio social. No governo, três programas apóiam o retorno à sociedade dos internos em manicômios. São eles o Programa de Volta Para Casa, que paga uma bolsa de R$ 240 por mês para cerca de 520 pacientes que estiveram internados por mais de dois anos; as residências terapêuticas, que atendem, em 220 unidades, cerca de duas mil pessoas que não têm onde morar e os centros de Atenção Psicossocial (CAPS), locais onde são desenvolvidas atividades com vistas à reinserção do indivíduo na sociedade. Atualmente, existem 546 centros em funcionamento, dos quais 64 tratam dependentes de álcool e drogas e 41 são voltados para crianças e adolescentes. O número de atendimentos nesses centros chegou a 3,7 milhões de pessoas no ano passado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IVINHEMA

Jovem é preso suspeito de estuprar uma colega de escola de 12 anos

POLÍTICA

Soraya Thronicke propõe substituir impostos federais por um só tributo

Vendedor é preso após oferecer carona e beijar menina de 12 anos

JUDICIÁRIO

STF retoma nesta quinta julgamento sobre nova Lei de Improbidade

CORUMBÁ

Homem é preso por agredir e manter esposa em cárcere

GERAL

Jogos da Copa da Juventude começam no dia 26 de agosto em Dourados

PM é denunciado por tortura cometida quando 'caçava' assassinos do filho

ECONOMIA

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil deve começar em setembro

PF cumpre mandado de busca no envio de drogas sintéticas pelos Correios

ECONOMIA

Saiba como declarar o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Passageiro tem corpo dilacerado ao cair de moto e ser atropelado por carreta 

BELA VISTA

Acidente em estrada vicinal mata líder sindical em MS

ESTADO GRAVE

Mulher é esfaqueada por vizinho por se recusar a emprestar carregador

NOVA ANDRADINA

Funcionário de companhia de água encontra feto de bebê em esgoto