Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Homem usou doces para atrair e matar criança em Aquidauana

11 dezembro 2003 - 10h42

 A delegada Jaiza dos Santos Teixeira, do 1º DP de Aquidauana, disse há pouco, na rádio CBN, que o criminoso que violentou e matou a menina Mayara Brito Neves, de 3 anos, a atraiu para a morte usando balas e bexigas. Tratou-se, segundo ela, de um crime premeditado. "Além da roupa dela, havia no local papel de bala e pedaços de bexiga. A gente acredita que se utilizaram disso para levá-la ao local", afirmou. O corpo foi encontrado às margens do córrego Quarenta.Ultima vez que a menina foi vista com vida, segundo a delegada, ela estava na frente de uma casa perto da sua com um coleguinha, entre 17 e 18 horas de terça-feira. "Depois não foi mais vista", contou a delegada. A menina que era criada pela avó, conforme a delegada, sempre brincava na rua. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO DE DROGAS
Dois são presos em carro com 259,6 kg de maconha na Capital
ECONOMIA
Mato Grosso do Sul apresenta crescimento de 58% em exportação de soja
PMA
Ação conjunta resulta na apreensão de 32 t de sucatas de baterias usadas
BRASIL
Missa no Rio homenageia os mais de 100 mil mortos por Covid-19
CAMPO GRANDE
Homem desmaia e vai parar no hospital após briga por jogo de futebol
PANDEMIA
Vigilância registra infração de medida sanitária preventiva em Cassilândia
ESPORTES
Max Verstappen estraga festa da Mercedes e vence GP dos 70 anos da F1
FUTEBOL
Santos e Bragantino se enfrentam pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro
SAÚDE
Campanha Agosto dourado: mães com Covid-19 devem continuar amamentando
CRIME AMBIENTAL
Infratores levam multa de R$ 10 mil por incêndio e transporte de motosserras

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados