quinta, 13 de junho de 2024
Dourados
18ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Homem é preso em Jardim por molestar criança de 4 anos

01 novembro 2004 - 11h07

A Polícia Militar de Jardim prendeu na tarde de ontem, o pedreiro Jorge Luiz Gonçalves Benites, 33 anos, por molestar sexualmente a enteada de apenas 4 anos de idade. Conforme a Polícia, ele e a esposa E.A.F, estavam bêbados e, aproveitando-se que a mulher dormiu, teria praticado sexo oral com a enteada e introduzido o dedo na vagina da menina.Quando a filha mais velha de E.A.F. chegou em casa, a irmã de quatro anos contou o que tinha acontecido e imediatamente a mãe foi informada. Ela conseguiu segurar Benites em casa, enquanto a filha mais velha foi até um telefone público e chamou a PM. Benites foi preso e encaminhado ao 1º DP (Distrito Policial) de Jardim, onde permanece detido por atentado violento ao pudor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDITAL

Edital de convocação de Assembleia - Residencial Roma I

NOVO HORIZONTE 

Homem perde mais de R$ 3 mil após cair em golpe de falso pagamento

EDITAL

Edital de convocação - Avigrand

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 40 milhões nesta quinta-feira
LOTERIA

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 40 milhões nesta quinta-feira

ECONOMIA

Em novo recorde, Junta Comercial abriu 960 empresas em maio

FUTEBOL

Costa Rica bate Água Santa nos acréscimos e vai para 3º na Série D do Brasileiro

GENEBRA

Lula tem evento da OIT e festa de 35 anos de livro de Paulo Coelho

FERIADO

Campo Grande e mais seis comarcas não terão expediente nesta 5ª

REGIÃO

Policial militar de folga impede assalto de adolescentes em conveniência

TEMPO

Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove

Mais Lidas

JUNHO

Festa Junina de Dourados terá Maria Cecília & Rodolfo e outros sertanejos

TRÁFICO DE DROGAS

Morador em Dourados é preso com mais de 200 quilos de cocaína em São Paulo

JARDIM MARACANÃ

Almoço em família termina com agressão e tentativa de homicídio em Dourados

REGIÃO

Gaeco cumpre mandados durante operação em Douradina