Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Homem é preso 24 anos após cometer homicídio em GO

25 julho 2007 - 10h04

Um homem que havia denunciado um furto em sua residência, acabou sendo preso, em Goiás. A justiça descobriu que havia contra ele um mandado de prisão devido a um homicídio ocorrido em maio de 1983, em Catalão. O réu foi identificado por testemunhas, que citaram até o seu apelido de "Federal". A presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou liminar em habeas-corpus ao acusado, que julgou sua prisão indevida.

A defesa do réu alegou que a denúncia seria nula por desrespeitar o artigo 41 do Código do Processo Penal, que exige seja completa a denúncia, com a descrição objetiva e completa do fato criminoso, com o rol de testemunhas e identificação adequada do criminoso.

Também foi alegado que a citação do réu foi inadequada, pois o acusado não teria sido contatado e todos os meios para encontrá-lo não teriam sido esgotados. Por fim, alegou-se que não haveria a fundamentação necessária para a prisão preventiva do acusado.

A defesa relata que o acusado sempre residiu em Catalão e que a citação só teria ocorrido em 1988. Como ele não foi encontrado, foi declarada sua revelia. O processo seguiu e, em 1990, o réu foi declarado culpado de homicídio qualificado e considerado foragido. A defesa dele entrou com habeas-corpus contra a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Goiás (TJGO). O Tribunal negou o pedido, argumentando que ele teria se evadido do distrito onde ocorreu o crime.

O ministro Barros Monteiro, do STJ, considerou que, inicialmente, não haveria ilegalidade na decisão do tribunal goiano. Não haveria constrangimento ilegal, pois a decisão demonstrou fundamentação suficiente para a decretação da prisão. Por fim, para conceder a liminar, o ministro considerou que seria necessária a análise de provas, exame impossível na via do habeas-corpus. O mérito será julgado pela 5.Turma sob a relatoria da ministra Laurita Vaz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo em rodovia estadual
NOVA ANDRADINA
Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo em rodovia estadual
Hospitais de Dourados estão com 58 pacientes internados em leitos de UTI
SISTEMA DE SAÚDE
Hospitais de Dourados estão com 58 pacientes internados em leitos de UTI
PAGAMENTO
Salários dos servidores estaduais já estão disponíveis para saque
Pessoas com 20 anos ou mais podem se vacinar em três unidades básicas de saúde
IMUNIZAÇÃO
Pessoas com 20 anos ou mais podem se vacinar em três unidades básicas de saúde
Traficantes abandonam caminhão com quase 700 quilos de maconha na BR-163
DOURADOS
Traficantes abandonam caminhão com quase 700 quilos de maconha na BR-163
TEMPO
Sábado de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
PARAGUAI
Corpos de militares foram destroçados por bomba enterrada na estrada
CORONAVAC
Butantan pede autorização para vacinar público entre 3 e 17 anos
CAPITAL
Acusado de matar homem com tiro na cabeça presta depoimento
ENERGIA MAIS CARA
Conta de energia continuará com taxa extra mais elevada em agosto

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte