sexta, 28 de janeiro de 2022
Dourados
29°max
21°min
Campo Grande
29°max
21°min
Três Lagoas
30°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Guarani tenta acabar com a boa fase do Goiás

26 outubro 2003 - 10h41

O objetivo ainda é o mesmo, e o tabu também. A única mudança no Guarani para o jogo deste domingo, às 15h(MS), diante do Goiás, no Serra Dourada, é a ausência do lateral direito Rui, o Cabeção.Com o cabelo raspado e com o crânio avantajado, o jogador foi apelidado pelos próprios companheiros de profissão. No empate por 3 a 3 contra o São Paulo, Rui evitou, com a cabeça, o gol da vitória do rival, no último minuto da partida.O empenho do jogador para evitar o gol foi elogiado pelos jogadores. "Acho que se não fosse a cabeça do Rui, a bola teria entrado", brincou o goleiro Jean. Sem o lateral, o técnico Barbieri deve improvisar o meia Simão na posição e promover o retorno do meia Marquinhos ao time titular.O jogador entrou no segundo tempo do jogo contra o São Paulo e deu mais velocidade à equipe com os acertos de passes. Outra opção do treinador para quebrar um tabu de mais de três meses sem vitórias em jogos fora de casa é escalar o lateral-direito Patrício, no lugar de Rui, e manter Simão no meio-campo. Outro jogador que deve continuar no banco é o atacante Rodrigão, apesar de ter marcado dois gols nos últimos dois jogos. Na avaliação de Barbieri, o Guarani é mais veloz nos contra-ataques com Wagner e Rafael Silva no ataque titular. Com 54 pontos, a oito pontos do quinto colocado antes do início da rodada, os jogadores e o técnico do Guarani sabem que, se o time não vencer fora de Campinas, não conseguirá assegurar uma vaga na Libertadores, em 2004. Se o Cruzeiro terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros colocados, cinco times se classificam para a competição. Pior equipe do Nacional no primeiro turno, o time goiano deu a volta por cima e, contra o Guarani, defende a liderança do returno. O clube já fez 32 pontos na metade final da competição e, na 11ª colocação, afastou qualquer ameaça de rebaixamento. Nos últimos três jogos, contra Fluminense, São Paulo e Ponte Preta, o time conquistou nove pontos e está embalado com a promessa de obter uma premiação extra. GOIÁS Rodrigo Calaça; Michel, Fabão, Renato e Esquerdinha; Josué, Marabá, Tiago e Wando; Dimba e Araújo.Técnico: Cuca. GUARANI Jean; Patrício, Juninho, Bruno Quadros e Alex; Emerson, Leandro Guerreiro, Simão e Marquinhos; Wagner e Rafael Silva.Técnico: Barbieri. Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia Horário: 15h(MS) Juiz: Fabricio Neves Correa (RS) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Suspeitos de receptação de freezers são localizados e autuados
REGIÃO

Suspeitos de receptação de freezers são localizados e autuados

TRF3 atualiza Resolução que regulamenta uso da videoconferência nas sessões de julgamento
JUSTIÇA FEDERAL

TRF3 atualiza Resolução que regulamenta uso da videoconferência nas sessões de julgamento

COVID-19

Afastamento de até 10 dias do presencial não exige atestado

Onça-pintada atropelada na rodovia BR-262 é encaminhada para PMA
POLÍCIA

Onça-pintada atropelada na rodovia BR-262 é encaminhada para PMA

Brasil começará a reduzir IOF cambial ainda este ano
ECONOMIA

Brasil começará a reduzir IOF cambial ainda este ano

REGIÃO

Polícia recaptura três foragidos da justiça em 24h

REGIÃO

Suspeito de roubos e tentativa de homicídio contra policiais é preso

EDUCAÇÃO

IFMS abre 1.080 vagas em cursos de graduação; 40 vagas são para Dourados

DIREITOS HUMANOS

Proposta eleva para 65 anos a idade de classificação como pessoa idosa

POLÍCIA

Assaltante que invadiu fazenda e manteve trabalhador rural em cárcere é preso

Mais Lidas

DOURADOS

Homem ostenta em boate, não concorda com valor da conta e vai parar na delegacia

DOURADOS

SIG localiza jovem que estava desaparecida

DOURADOS 

Carro capota após colisão em cruzamento da Monte Alegre

RIBAS DO RIO PARDO

Pai, mãe e filho morreram em colisão entre veículos na BR-262