Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Grupo assalta ônibus e deixa turistas presos por 2 horas

10 abril 2008 - 10h36

Uma quadrilha assaltou na madrugada desta quinta-feira na BR-262, no distrito de Indubrasil, em Campo Grande, um ônibus de turismo da empresa Morena Tur e deixou os 36 ocupantes trancados sem roupas no bagageiro. O grupo saiu da rodoviária e iria até a Bolívia.
Foram roubados cerca de R$ 70 mil, jóias, documentos e celulares.

Os seis bandidos abordaram o ônibus em um trevo do distrito industrial. Um deles trancou o motorista no banheiro e permaneceu com ele lá, outro passou a dirigir o veículo e os demais vigiaram os passageiros.

De acordo com Daiane Fernandes da Rocha Sanabria, 17 anos, o primeiro assaltante a entrar no ônibus roubou o celular dela. “Eu estava em pé servindo chá e ele entrou e disse: Bonito o celular, passa ele para mim”.

Segundo ela, o bandido que passou a conduzir o ônibus não sabia dirigir muito bem. Eles então seguiram em direção a saída para Rochedo e ao chegar em uma estrada vicinal obrigaram todos a descer do coletivo.

Durante o trajeto até a estrada, eles revistaram os passageiros e roubavam dinheiro e pertences. “Falaram para termos paciência porque eles estavam apenas trabalhando”. Daiane e uma senhora chegaram a desmaiar. “Depois que acordei eles ficaram apavorados e disseram que iriam nos matar”, contou.

Ao chegarem na estrada, primeiro mandaram que todos deitassem no chão. Depois fizeram com que todos ficassem em pé e com as mãos no ônibus.

“Eles pediam dinheiro”. Enquanto os passageiros eram revistados do lado de fora, outros bandidos procuravam por mais objetos dentro do ônibus. Ao encontrarem mais dinheiro no veículo, passaram a fazer mais ameaças de morte e deram um tiro no chão.

Em seguida, pegaram um menino, deitaram-no no chão, agrediram e deram mais um tiro. Daiane contou que para amedrontar ainda mais as vítimas, disseram que tinham matado o garoto e que iriam matar mais pessoas.

Enquanto revistavam as vítimas, os bandidos passavam a armas pelo corpo delas e as agrediam. “Passaram a arma no meu pescoço e deram um tapa no meu rosto”, relatou Daiane. Em seguida, obrigaram os homens a ficar de cueca, um deles teve que ficar nu.

Colocaram eles no bagageiro e em seguida obrigaram também as mulheres a tirarem as roupas. Elas ficaram somente com a lingerie e também foram colocadas dentro do bagageiro. As roupas foram jogadas em um matagal.

Segundo Daiane, uma senhora de cerca de 80 anos não conseguiu entrar e sentou na escada do ônibus. Um dos bandidos perguntou a ela porque estava sentada na escada e ela disse que não havia conseguido entrar.

"O assaltante então pegou um travesseiro e entrou a senhora. Um comparsa dele não aprovou a situação e sugeriu que a matassem, mas o outro disse que não pois ela parecia com a mãe dele", contou Daiane.

Por volta de 2h30 os bandidos foram embora e uma mulher que conseguiu se esconder debaixo do ônibus abriu o bagageiro e eles então conseguiram contato com a polícia. Muitos não conseguiram encontrar as roupas. Daiane achou a calça e vestiu a camiseta do motorista.

“É uma situação horrível. Todo dinheiro que minha mãe tinha juntado da viagem foi tudo. Ela tinha acabado de chegar de outra viagem e não tinha feito o caixa ainda. Levaram documentos. A sensação é que a polícia nunca vai achar nada”, desabafa Daiane.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
DOURADOS
Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
PANDEMIA
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
AGRONEGÓCIO
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
PONTA PORÃ
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
BRASIL
Intenção de consumo das famílias fica estável em outubro
TERENOS
Barbosinha pede recuperação de ponte e estrada que dá acesso a propriedades rurais
DOURADOS
Ex-presidente da Câmara vai ao STJ contra condenação por 'sumir' com documentos
ORDEM DO DIA
Aprovada honraria a profissionais da linha de frente contra a Covid
HISTÓRICO
Fugitivo de presídio na fronteira foi preso em 2020 e cumpria pena por tráfico de drogas
OPORTUNIDADE
Inscrições para o concurso público da Sanesul seguem abertas

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada