sexta, 28 de janeiro de 2022
Dourados
29°max
21°min
Campo Grande
29°max
21°min
Três Lagoas
30°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Grêmio faz 100 anos hoje sem ter o que comemorar

15 setembro 2003 - 09h41

Um dos clubes mais gloriosos do Brasil, o Grêmio Foot-Ball Porto-Alegrense comemora seu Centenário nesta segunda-feira, de maneira constrangedora. Os salões do Grêmio Náutico União, onde se realizará o banquete de aniversário, estarão lotados de tricolores ilustres. Mas não se sabe de onde o presidente Flávio Obino tirará naturalidade para exaltar as conquistas do passado, se há 11 rodadas o time está na faixa de rebaixamento do Brasileiro. - Sem esse tipo de pressão, eu só dormia com indutores do sono. Imagine como têm sido minhas noites agora - desabafa Obino, um advogado de trato afável e fala mansa, que se transforma ao lembrar as glórias de seu Tricolor. Nesses momentos, ele adota um tom discursivo e elitista, coisa dos tempos antigos. Foi assim na festa de sábado, no Olímpico. Quarenta mil pessoas se emocionaram com shows e desfile de velhos ídolos. E ficaram esperando a vitória sobre o Bahia, que marcaria o início da recuperação. Mas o Grêmio só empatou e as vaias voltaram. Torcedores desesperados já se vêem na Segundona, freqüentada pelo clube em 1992. A crise técnica é decorrência de outra. O Grêmio carrega nos ombros uma dívida do tamanho de sua história: R$ 100 milhões. Conselheiros da situação acusam o presidente anterior, José Alberto Guerreiro, de ter deixado essa herança maldita. Jayme Eduardo Machado, vice-presidente do Conselho Deliberativo, defende Guerreiro. - A ISL estimulou a supervalorização dos contratos e, ao sair, deixou o clube preso a compromissos que não podia cumprir - explica Machado. Conselheiros de oposição acusam o presidente atual, Flávio Obino, de ter planejado mal o ano: ao privilegiar a Libertadores, inflacionou a folha. Depois, perdeu o técnico Tite e refez mal o elenco, que já está sob o comando do quarto treinador. - A conquista da Libertadores e do Mundial no ano do Centenário era o sonho dos gremistas, e eu não podia fugir dele - justifica-se Obino. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Proposta eleva para 65 anos a idade de classificação como pessoa idosa
DIREITOS HUMANOS

Proposta eleva para 65 anos a idade de classificação como pessoa idosa

Assaltante que invadiu fazenda e manteve trabalhador rural em cárcere é preso
POLÍCIA

Assaltante que invadiu fazenda e manteve trabalhador rural em cárcere é preso

Fugitivas do presídio de Rio Brilhante podem ter seguido para Ponta Porã
POLÍCIA

Fugitivas do presídio de Rio Brilhante podem ter seguido para Ponta Porã

Dourados se aproxima de 100% em ocupação de leitos de UTI/SUS
PANDEMIA

Dourados se aproxima de 100% em ocupação de leitos de UTI/SUS

POLÍTICA

Justiça Federal arquiva caso do triplex contra ex-presidente Lula

CLIMA

Chuva chega com alerta de tempestade entre hoje e amanhã

REGIÃO

Indivíduo é preso por comercializar animais silvestres com licença irregular

POLÍCIA

Homem é preso com mais de 1 mil comprimidos de ecstasy

ECONOMIA

Taxa média de juros em dezembro registrou 24,4% ao ano

REGIÃO

Jovem é flagrado com contrabando em meio a carga de recicláveis

Mais Lidas

DOURADOS

Homem ostenta em boate, não concorda com valor da conta e vai parar na delegacia

DOURADOS

SIG localiza jovem que estava desaparecida

DOURADOS 

Carro capota após colisão em cruzamento da Monte Alegre

RIBAS DO RIO PARDO

Pai, mãe e filho morreram em colisão entre veículos na BR-262