sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Governo promove Dia Nacional de Registro Civil

06 novembro 2004 - 14h00

 A Secretaria Nacional dos Direitos Humanos, com apoio das Corregedorias de Justiça, Sesi e Associação Nacional de Registradores promovem, neste sábado, uma campanha nacional de registro civil de nascimentos para crianças com até 12 anos de idade. A intenção da secretaria é marcar a data como Dia Nacional do Registro Civil de Nascimento e erradicar o número de crianças sem certidão no país. A ação está acontecendo em cartórios de todas as capitais e em outros sete municípios do Paraná, Piauí e Bahia. O ministro Nilmário Miranda participa do evento em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. Já o ministro das Cidades, Olívio Dutra, está no Varjão do Torto, em Brasília. Cada um dos cartórios abertos deve realizar, até às 16 horas de hoje, cerca de 80 registros. O número ainda é pequeno. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de um milhão de crianças nascidas vivas, em 2002, não foram registradas no prazo legal. O registro de nascimento é feito gratuitamente. De acordo com a oficial substituta do cartório do Varjão do Torto, Elen Cristina, o pai ou a mãe deve levar aos cartórios a declaração de nascimento da criança fornecida pelo hospital e algum documento de identificação do responsável. Se os pais forem casados, é necessário levar a certidão de casamento. Filhos de pais que não são casados civilmente devem ser registrados pelo pai. Se a mãe comparecer sozinha ao cartório, o nome do pai não aparecerá no registro. Os avós também podem fazer a solicitação do registro, mas é preciso que apresentem a certidão de casamento dos pais da criança com as demais documentações. De acordo com Elen, o registro para pessoas acima de 12 anos deve ser solicitado na Vara de Registros Públicos. O Dia Nacional de Mobilização para o Registro Civil foi criado no ano passado por meio de um acordo entre a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) e a Secretaria Especial de Direitos Humanos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo
TRÁFICO

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo

LEGISLATIVO DE MS

Proposta versa sobre inserção dos jovens no mercado de trabalho em MS

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio
IMUNIZAÇÃO

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS
POLÍCIA

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara
DOURADOS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara

BRASIL

Produção industrial recua em cinco dos 15 locais pesquisados em abril

TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

CONTRABANDO

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada