Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99257-3397

Governo lança programa contra desnutrição em aldeias

14 outubro 2003 - 15h30

O Governo do Estado, através do Cogeps (Conselho de Gestão de Políticas Sociais); Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária e Secretaria de Saúde, juntamente com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), fazem o lançamento na sexta-feira (17/10) às 10h do programa de Combate à Desnutrição na aldeia Amambai, localizada no município a 346 quilômetros da Capital. O programa, que está inserido no Segurança Alimentar e complementa as ações do programa federal Fome Zero, visa atender 1.913 crianças indígenas de zero a dois anos que foram consideradas desnutridas por equipes da Funasa, que fazem o acompanhamento de pesagem e nutricional mensal.Segundo a coordenadora do programa de Vigilância Nutricional para Comunidades Indígenas da fundação, Cynthia Naito, o acompanhamento é feito em crianças de zero a seis anos, mas a maior taxa de desnutrição foi detectada na faixa etária até os 24 meses de idade, com índices que chegam a 17%. O Governo Popular investiu R$40,5 mil por mês na compra de pacotes de leite integral em pó a serem distribuídos nas aldeias pelas 18 equipes da Funasa, juntamente com agentes de acompanhamento às famílias dos programas sociais do Governo do Estado. Cada criança, irá receber seis pacotes de leite em pó por mês, o que equivale a duas mamadeiras ao dia. A entrega do produto será feita juntamente com palestras e orientações sobre como o leite deve ser usado, além de dicas de alimentação em geral para as famílias.O convênio firmado entre Governo do Estado e Funasa terá duração de seis meses e ao final do período, será feita avaliação dos resultados do programa. Segundo Cynthia Naito, os pólos de Aquidauana, Mirandam Bodoquena e Sidrolândia estão recebendo essa semana o leite doado para posterior distribuição nas aldeias. Na próxima semana, as regiões de Dourados, Caarapó, Antônio João, Amambaí, Tacuru, Iguatemi e Paranhos receberão o produto para ser repassado.Em Amambai, 1.471 famílias indígenas são atendidas pelo Segurança Alimentar, das quais 1.209 somente na aldeia Amambaí, da nação caiowá-guarani. Em todo o Estado, 11.340 famílias indígenas são assistidas pelo programa social do Governo Popular. A assinatura do convênio foi feita no dia 23 de setembro junto com o termo de cooperação do programa federal Fome Zero. Estarão presentes no lançamento, a presidente do Cogeps, Gilda Maria Gomes dos Santos; representante da secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária; secretário de Saúde, João Paulo Esteves; secretário de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro e o coordenador regional da Funasa, Gaspar Francisco Hickmann.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
ESPORTE
Vôlei de praia: Guto e Arthur Mariano vencem etapa do Brasileiro
Senado vota na terça MP que facilita compra de vacinas contra coronavírus
PANDEMIA
Senado vota na terça MP que facilita compra de vacinas contra coronavírus
ESPORTE
Jogo entre Joinville e Marcílio Dias é adiado após surto de Covid-19
Operação Piracema é encerrada com aplicação de R$ 79 mil em multas
FISCALIZAÇÃO
Operação Piracema é encerrada com aplicação de R$ 79 mil em multas
EUA
Facebook vai pagar US$ 650 milhões para encerrar ação por violar privacidade
REGIÃO
Embriagado, homem é preso após bater em carro estacionado
EDUCAÇÃO
Prouni abre inscrições para lista de espera nesta segunda-feira
PANDEMIA
Repórter fotográfico de MS morre vítima do coronavírus
PANDEMIA
Dourados figura com 82% de ocupação dos leitos de UTI/SUS para Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio
DOURADOS 
Mulher é presa após furtar residência no Altos do Indaiá
ITAQUIRAÍ
Acusado de matar homem com tiro na nuca diz que vítima ameaçava ex