Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Governo lança campanha publicitária para eliminar a hanseníase

11 maio 2004 - 17h21

A hanseníase, uma das doenças mais rejeitadas pela sociedade e associada às condições precárias de vida que atingem milhares de brasileiros, será pela primeira vez assunto de uma campanha publicitária nacional, que o Ministério da Saúde lançou hoje, em Brasília. A meta do governo é eliminar a doença até o final próximo ano. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o segundo país endêmico em hanseníase do mundo. O foco da campanha será o estímulo ao diagnóstico precoce e o combate ao preconceito contra o portador da doença. A hanseníase é uma doença de transmissão respiratória, caracteriza-se por manchas dormente brancas ou avermelhadas na pele e é totalmente curável. Os comprimidos para curar a doença são distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o tratamento dura de seis a 12 meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Homem fica nervoso ao ver policiais e é preso com mandado de prisão em aberto
Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
ESPORTES
Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
REGIÃO
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
Após cometer crime  no Brasil, bandido foge para o Paraguai, mas acaba preso
SE ACIDENTOU NO TRAJETO
Após cometer crime no Brasil, bandido foge para o Paraguai, mas acaba preso
PMA autua dois pescadores por pesca ilegal e apreende petrechos de pesca
AMAMBAI
PMA autua dois pescadores por pesca ilegal e apreende petrechos de pesca
BRASIL
TRF3 concede aposentadoria por invalidez a trabalhador rural portador de lombalgia
MS
Pescadores são autuados por pescar em cachoeira
STJ
Ministro nega pedido do Coaf para suspender investigação sobre conduta de servidores
ESTADO
Empresa divulga balanço das atividades na MS-306 após 11 meses de concessão
BRASIL
STF decide que Petrobras não precisa se submeter à Lei das Licitações

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor