Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Governo anuncia plano para substituir gás boliviano

19 maio 2006 - 07h20

O governo federal delineou um plano de três iniciativas para buscar garantir a independência do abastecimento energético do País em meio à crise do gás decorrente da nacionalização dos ativos de gás natural na Bolívia, principal fornecedora do Brasil. Em reunião do Conselho Nacional de Política Energética, da qual participou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Petrobras anunciou ter condições de antecipar, para 2008, uma elevação da produção interna de gás de 24,2 milhões de metros cúbicos prevista inicialmente para ocorrer em quatro a seis anos. "Para vocês terem uma idéia, isso é praticamente o que o Brasil importa hoje da Bolívia", afirmou a jornalistas o ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, após a reunião. O ministro negou, contudo, que o anúncio fosse uma "resposta" ao país andino. Também presente à reunião, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, ressaltou em entrevista que o País tem um contrato de compra de gás com a Bolívia que "espero que esteja em vigor até 2019". Ele afirmou que a produção adicional virá principalmente da Bacia do Espírito Santo, onde recentemente foram descobertas novas reservas de gás, o que exigirá um redesenho de alguns gasodutos para transportar o combustível. A Petrobras também anunciou ter concluído testes para passar a utilizar o óleo vegetal, combinado com o petróleo, diretamente na refinaria na produção de diesel, em processo denominado de H-Bio. "É uma quebra de paradigma tecnológico, um avanço extremamente importante, porque introduz o óleo vegetal no processo de refino", afirmou José Sérgio Gabrielli, acrescentando que a Petrobras já solicitou a patente do processo, que passará a ser adotado em escala industrial por três de suas refinarias já em 2007. Segundo Gabrielli, o óleo diesel produzido por meio do processo H-Bio tem características de um diesel mineral normal, mas é de melhor qualidade, pois tem menor teor de enxofre, substância poluente, e mais cetano. Ele garantiu que a medida é economicamente viável, uma vez que permitirá ao País reduzir suas importações de diesel. O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, acrescentou que as três refinarias da empresa que passarão a adotar o processo de produção H-Bio a partir do ano que vem, em Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, deverão demandar o uso de cerca de 1,2 milhão de toneladas de soja. Por fim, o governo também anunciou que a Petrobras está concluindo testes para permitir que as usinas termelétricas, desenhadas para trabalhar com gás natural, possam utilizar também o álcool, o Gás Liquefeito de Petróleo (gás de cozinha) ou o Gás Natural Liquefeito em suas turbinas . Para Rondeau, a possibilidade criará uma "mudança de paradigma na questão da geração elétrica do País" e facilita o esforço do País de alcançar sua independência energética.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Junho é o segundo mês com mais confirmações de casos de Covid em MS
PANDEMIA
Junho é o segundo mês com mais confirmações de casos de Covid em MS
Educação financeira no Brasil ganhará reforço nas próximas semanas
EDUCAÇÃO
Educação financeira no Brasil ganhará reforço nas próximas semanas
Preso em operação na sexta-feira consegue liberdade provisória e é solto
DOURADOS
Preso em operação na sexta-feira consegue liberdade provisória e é solto
Mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos no inverno
BELEZA & ESTÉTICA
Mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos no inverno
MPF fará correição extraordinária por dificuldades em bom andamento de trabalhos
DOURADOS
MPF fará correição extraordinária por dificuldades em bom andamento de trabalhos
DOURADOS
Ao retornar de viagem, vítima nota "rastro de destruição" em residência e pertences furtados
CLIMA
Temperatura média cai quase 2ºC em Dourados em relação a junho do ano passado
MS-156
Morador de Dourados é flagrado com maconha em ônibus
DOURADOS
Com motorista bêbado, carro 'roleta' Weimar e faz caminhonete tombar com colisão
LEGISLATIVO DE MS
Contar apresenta Projeto de Lei para classificar restaurantes como atividade essencial

Mais Lidas

INVESTIGAÇÃO
Polícia descarta latrocínio e investiga morte de mulher em Dourados por execução
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"
MONTE ALEGRE
Vídeo mostra ação de dupla armada em mercado de Dourados
IMPORTUNAÇÃO SEXUAL
Mulher é assediada durante pesquisa em Dourados e registra ocorrência