Menu
Busca sexta, 14 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Governador manda Sejusp apurar formação de milícia pró Moon

11 agosto 2004 - 12h11

O governador Zeca do PT determinou, durante reunião com os secretários Raufi Marques (Coordenação Geral do Governo), Antonio Braga (Justiça e Segurança Pública) e Valteci Ribeiro Jr (Desenvolvimento Agrário), investigações para apurar responsabilidades e verificar a veracidade da informação segundo a qual a seita do Reverendo Moon estaria contratando seguranças particulares para assegurar a desocupação da fazenda Aruanã, em Jardim, onde 300 famílias ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra) estão acampadas. A área pertence à seita ligada ao sul coreano Sun Myung Moon.O governador disse que não vai admitir interferência de pessoas estranhas ao problema na região. Zeca discutiu com Raufi Marques e Valteci Ribeiro (Mineiro) a questão e recomendou negociações para que as famílias acampadas sejam alojadas provisoriamente em um outra área.“A formação de milícia não contribui, além de ser uma medida ilegal. Estou determinando que o serviço de inteligência da Polícia Militar apure e identifique a existência de jagunços na área”, disse o governador, assegurando que a tropa da PM destacada para a área permanecerá ali com a missão da dar segurança aos trabalhadores rurais sem terra. O secretário de Justiça e Segurança Pública, Antonio Braga, disse que manterá no local um contingente de policiais suficiente para “garantir a ordem” e solicitou à Justiça prazo de 30 dias para a remoção das famílias acampadas para uma outra área.“Não vamos tolerar baderna e quem for encontrado armado será preso”, disse o secretário. Segundo ele, a remoção dos sem-terra deve ser feita de forma ordeira e pacífica, porque o governo, como faz há cinco anos, reconhece a questão agrária como um problema social e não de polícia. “Essa não é uma ação possessória, e sim um conflito social, exigindo, portanto, cautela e bom senso”, afirmou Braga. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS soma mais de 890 mil doses de vacinas aplicadas contra o coronavírus
PANDEMIA
MS soma mais de 890 mil doses de vacinas aplicadas contra o coronavírus
Em MS, Bolsonaro defende voto impresso e diz que só perde para Lula na fraude
POLÍTICA
Em MS, Bolsonaro defende voto impresso e diz que só perde para Lula na fraude
BRASIL
Butantan paralisa produção de vacinas por falta de insumos
DOURADOS
Comad realiza encontros para discutir sobre a pandemia da dependência química
De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem
PARADESPORTO
De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem
COMER BEM
Farofa crocante de tortilha com linguiça
PANDEMIA
Paciente de 26 anos sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FUTEBOL
Tite convoca seleção com dupla do Flamengo para jogos das eliminatórias
NEGÓCIOS & CIA
Google Pay oferecerá suporte a transações financeiras internacionais

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP