sábado, 15 de junho de 2024
Dourados
20ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Governador de Roraima deve deixar o cargo, decide TSE

10 novembro 2004 - 09h22

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de ontem, que o governador de Roraima, Flamarion Portela (licenciado do PT) deverá deixar imediatamente o cargo. Ele é acusado de abuso de poder político e econômico durante a campanha para as eleições de 2002. O Tribunal já havia cassado o mandato do governador em agosto deste ano. O TSE também decidiu que o cargo deverá ser ocupado por Ottomar de Souza Pinto (PTB), segundo colocado nas eleições de 2002. A decisão, com seis votos a um, foi tomada pelo plenário do Tribunal ao rejeitar o recurso no qual o atual governador pretendia garantir sua permanência no cargo. Ao proferir a decisão, o presidente do TSE, ministro Sepúlveda Pertence, determinou o imediato cumprimento da decisão para garantir a efetividade das decisões da Justiça Eleitoral. Segundo Pertence, a devolução do caso ao Tribunal Regional Eleitoral de Roraima só contribuíria para a protelação da sentença que cassou Flamarion. Portela foi eleito em 2002 pelo PSL em uma coligação que contava com a participação do PT. No início do ano passado, o governador cassado se filiou ao PT, do qual se licenciou em dezembro de 2003. Em carta enviada ao presidente do partido, José Genoino, Portela justificou o afastamento como uma forma de não desgastar a legenda, já que ele se defendia de acusações de envolvimento em um esquema de contratação ilegal de servidores públicos. O Ministério Público Estadual acusa o governador dos crimes de peculato e formação de quadrilha. Segundo o MP, o esquema que foi montado pelo ex-governador Neudo Campos, funcionou de 1998 a 2002, chegou a desviar milhões em reais dos cofres públicos. Somente no ano de 2002 foram desviados R$ 70 milhões.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS

Idosa cai em golpe e faz empréstimo de R$ 8 mil para quitar dívida

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã
POLÍTICA

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto
REGIÃO 

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto

EDUCAÇÃO

MEC aceita revogar portaria se professores de federais acabarem greve

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

GERAL

CNBB pede aprovação de projeto que equipara aborto a homicídio

AMEAÇA

Jovem é indiciada após acusar ex-chefe de importunação sexual

DONATIVOS

MPT destinou mais de R$ 47 milhões em recursos ao povo gaúcho

PARAGUAI

Agente fica ferido e Senad apreende aviões do tráfico na fronteira

INTERNACIONAL

Lula se encontra com Papa Francisco na Itália, onde participa do G7

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT