Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Gilmar Mendes condena vazamento de dados sobre FHC

31 março 2008 - 06h20

O ministro Gilmar Mendes, presidente eleito do Supremo Tribunal Federal (STF), disse ontem, em Curitiba, que lamenta a atual situação política em que está a Casa Civil, com a ministra Dilma Rousseff envolvida em denúncias de vazamento de dados sigilosos sobre gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Segundo ele, essa prática não pode acontecer de maneira alguma, seja em forma de dossiê ou vazamento de informações por meio de banco de dados.

 
“Não tenho dados específicos sobre o assunto, mas se de fato alguém pratica esta política de levantamento de dados para vazar com o intuito de formar dossiê, é lamentável. Se isso se pratica no âmbito do governo é lamentável, acho que até não é uma prática condizente com o estado de direito democrático”, afirmou. O ministro, que é presidente do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), toma posse na presidência do STF no dia 23 de abril.

Nesta semana, a oposição - PSDB e DEM - também deve provocar a Procuradoria Geral da República. Eles querem que o procurador, Antonio Fernando de Souza, analise a sistemática do levantamento que o governo chama de banco de dados. Na análise dos partidos de oposição, a produção de um banco de dados pressupõe uma específica . Para eles, o material levantado pelo governo e que apresenta os dados sigilosos de gastos de FHC e da ex-primeira-dama Ruth Cardoso compõe um dossiê, palavra que os governistas e a ministra Dilma Rousseff rejeitam.

Além disso, uma outra frente de ataque da oposição será o pedido de instauração de inquérito, também na Procuradoria, para que seja apurada a prática de crimes de violação de sigilo e de segredo profissional, com a divulgação de nomes de pessoas envolvidas. A oposição também quer que seja investigada a suposta improbidade por parte de Dilma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trecho da Rua Hayel Bon Faker afetado no temporal é liberado
DOURADOS
Trecho da Rua Hayel Bon Faker afetado no temporal é liberado
IVINHEMA
Descarga de 34 mil volts mata homem que fazia reparos em rede elétrica
Caderno "Comer Bem" gera visibilidade e lucro ao seu negócio
COMER BEM
Caderno "Comer Bem" gera visibilidade e lucro ao seu negócio
Fiocruz aponta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave
PANDEMIA
Fiocruz aponta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave
Policial militar de folga prende autor de furto em Paranaíba
POLÍCIA
Policial militar de folga prende autor de furto em Paranaíba
HOSPITAL DO AMOR
Associação de Apoiadores reelege presidente e diretoria para novo mandato em Dourados
LEGISLATIVO DE MS
Professora Daniela Staut é homenageada com Comenda na ALMS
VACINAÇÃO
Covid-19: Dourados segue com imunização nesta quinta-feira, veja onde e quem pode se vacinar
DOURADOS
Após vendaval, cemitérios terão manutenção para receber público no "Dia de Finados"
REGIÃO
Morador de MS é vítima de grave acidente em Minas Gerais

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada