Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Gestores debatem alternativas de administração hospitalar

23 março 2004 - 15h31

Os gestores dos hospitais Evangélico, Paulo Roberto Nogueira, Santa Rita, Maria Izabel de Aguiar, e do Hospital Universitário, Dinaci Marques Ranzi, defenderam, em debate realizado sábado passado com os estudantes do curso de Pós-graduação em Administração Hospitalar da Unigran, novas formas para incrementar os serviços, com técnicas de planejamento e marketing que possibilitariam melhor atendimento ao público usuário do sistema de saúde do município de Dourados. O debate foi coordenado pelo professor Marcelo Koche, que é também o diretor da Faculdade de Ciências Exatas da Unigran.A administradora Dinaci Marques Ranzi, que trabalha na área há 12 anos, disse que o paciente não vai para os grandes centros em busca de conforto, “mas sim a procura de profissionais qualificados e os médicos de Dourados ainda não conseguiram conquistar a confiança dos seus clientes”. Ela também destacou a importância do curso de Pós-graduação em Administração Hospitalar implantado pela Unigran. “Com certeza, vai beneficiar a cidade de Dourados, formando grandes profissionais e contribuindo com os avanços nos serviços hospitalares”, afirmou.Para a economista Maria Izabel de Aguiar, administradora do hospital Santa Rita, o essencial é a qualidade do serviço. “A falta de planejamento de custos, de pesquisa e de criação de serviços avançados são alguns dos problemas que prejudicam uma boa administração”, observa. Ela acredita que os hospitais não têm que ter somente um bom profissional, mas também uma boa hotelaria e atendimento especializado. Há 33 anos trabalhando nesta área, ela diz que sente-se completamente realizada. “Minha única angústia é quando perco um paciente”, conclui.O engenheiro Paulo Nogueira, administrador do Evangélico há 12 anos, afirmou que os hospitais primeiramente devem transmitir confiança aos pacientes. Disse também que há sobra de leitos em Dourados, tese compartilhada pela administradora do Santa Rita, em função do processo de ‘desospitalização’ gerado a partir do surgimento de programas alternativos como o PSF (Programa Saúde da Família), criado na década de 90 e que proporciona o atendimento domiciliar. “Por isso, temos que estar atentos a essas modificações, criando novas soluções, sem ter medo de errar”. O diretor lembra também que o SUS (Sistema Único de Saúde) paga um valor muito baixo pelos procedimentos, o que acaba trazendo prejuízo para o hospital, razão pela qual algumas seguradoras estão assumindo essas funções.Enquanto em outras cidades do Estado e até do País existe a falta de leitos, em Dourados o processo é inverso, e mais freqüente nos hospitais particulares, pois os pacientes buscam atendimento em outros centros como Campo Grande ou Curitiba. Durante o debate, essas e outras questões foram levantadas, e a principal conclusão dos participantes é a de que a melhor saída seria mesmo uma reavaliação do sistema, com estudos de adequação e maior qualificação dos profissionais da área da saúde. Na opinião do professor Marcelo Koche, os convidados colocaram de forma clara as dificuldades de se administrar um hospital, da captação de recursos, o controle e sua distribuição. “Além do mais, os alunos puderam aumentar seus conhecimentos, a distância entre eles e os gestores diminuiu, e viram ainda como não é fácil tomar conta de um hospital”, comentou o coordenador. Marcelo disse ainda que o próximo debate deve envolver gestores da área de comércio. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
SAÚDE
Saúde lança guia alimentar de bolso para menores de 2 anos
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
BRASIL
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
INTERNACIONAL
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
DOURADOS
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
PANDEMIA
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
ABERTO DE TÊNIS
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
VÔLEI
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
POLÍCIA
Caminhão com pneus do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor