Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Geraldo viabiliza R$ 2 milhões para aterros sanitários

04 janeiro 2010 - 07h20

Atendendo gestões do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) empenhou, na semana passada, R$ 2.027.324,50, para investimentos em saneamento em quatro municípios de Mato Grosso do Sul
. De acordo com os empenhos, o município de Glória de Dourados vai receber investimentos da ordem de R$ 667.324,50, para implantação de aterro sanitário. Da mesma forma, o município de Costa Rica será beneficiado com R$ 500 mil, com a mesma finalidade.
Outro município que receberá recursos a partir de gestões de Geraldo Resende na Funasa é Aral Moreira, que será beneficiado com R$ 600 mil para implantação de aterro sanitário. Bandeirantes é outra cidade de Mato Grosso do Sul que receberá R$ 260 mil para aquisição de um caminhão que será destinado ao projeto de tratamento de resíduos sólidos.
Ao garantir os empenhos, Geraldo Resende considerou a notícia muito positiva para Mato Grosso do Sul. “Estamos trabalhando com afinco para não deixar perder nenhum centavo daqueles projetos que apresentamos junto aos ministérios, a partir de projetos elaborados pelas prefeituras e pelo governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Lá em Brasília, estamos fazendo o papel do homem público, cobrando ações efetivas que possam garantir o desenvolvimento dos municípios na área da saúde, através de obras de saneamento, construção de PSF e hospital e expansão dos serviços já oferecidos pelo Ministério da Saúde”, salientou o parlamentar.
Conforme Geraldo, as obras de construção dos aterros sanitários vão atender uma das principais necessidades das cidades do Estado. “São poucas as cidades do nosso Estado que dispõe de locais adequados para a armazenagem dos resíduos produzidos diariamente nas cidades. Diante dessa necessidade, procuramos viabilizar esses recursos junto ao Ministério da Saúde. Graças a isso, a vida de muita gente nos municípios de MS vai melhorar, já que todo dinheiro investido em saneamento básico, seja na construção de rede de esgoto, seja na ampliação da rede de distribuição de água tratada ou construção de aterros, significa mais saúde para a população”, analisa o deputado.
O deputado lembrou que a vinculação entre saúde e serviços adequados de saneamento é cientificamente comprovada. “Para cada um dólar investido em saneamento, economizam-se quatro em tratamento de saúde”, confirma Geraldo Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Polícia Militar flagra dupla armada na região do Parque das Nações
AVANÇO DA COVID-9
Brasil passa a Itália e se torna 3º país com mais vítimas do coronavírus
PONTA PORÃ
Veículos com maconha que seguiam para MG e SP são apreendidos
LIVE SEMANAL
Bolsonaro diz que manifestantes contrários são "terroristas"
CAPITAL
Motorista bêbada oferece R$ 500 a PMs após atropelar entregador
JUSTIÇA
Incorporadora deve rescindir contrato e devolver 75% pago por terreno
BATAGUASSU
Homem tenta entrar em presídio com droga em creme dental e acaba preso
FACADA
MPF conclui que Adélio agiu sozinho em ataque contra Bolsonaro
SETE QUEDAS
Polícia apreende veículo com quase 400 quilos de maconha na MS-160
CORONAVÍRUS
Em uma semana, laboratório da UFGD realiza 129 exames de covid-19

Mais Lidas

EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados