Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Geraldo destaca seu trabalho em solenidade na Agesul

11 janeiro 2010 - 15h27

Convidado pelo governador em exercício Murilo Zauith, o deputado federal Geraldo Resende (PMDB) participou ontem (11) da solenidade de assinatura da ordem de serviço que autorizou a empresa Planacon Construtora, a dar início à obra de reforma do prédio do receptivo e execução do acesso e estacionamento do aeroporto de Dourados.


Geraldo participou de todas as articulações realizadas pelo Governo do Estado, que conseguiu recursos do Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa), liberados através de convênio com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), executou reforma da pista de pouso e decolagem, sinalização da pista de táxiamento e do pátio de aeronaves, construção da cercas de proteção e da Seção Contra Incêndio (Secinc), e acesso a essa Secinc.


Para o deputado, o início dessa obra coroa uma luta que vem sendo feita há algum tempo por vários setores da sociedade, principalmente da classe empresarial. “Estamos muito felizes hoje, porque poderemos ter em breve voos diretos para os grandes centros como São Paulo. E isso promove um desenvolvimento muito grande, tanto na parte turística de nossa cidade e região, como na parte empresarial, e os empresários estão de parabéns pela forma que conduziram todo processo”, disse Geraldo.


Na oportunidade, Geraldo falou também sobre seu trabalho em favor de Dourados, e voltou a cobrar agilidade da prefeitura para executar algumas obras, principalmente na área da saúde; como a reforma do Hospital da Vida; a reforma e ampliação de 10 Unidades Básicas de Saúde do Programa de Saúde da Família (PSF); a construção e compra dos equipamentos para a Clínica da Mulher; a construção de uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento; a construção de quatro unidades básicas de saúde do Programa Saúde da Família e ainda a construção de duas unidades básicas de saúde (postos de saúde) uma no Altos do Indaiá e outra na região conhecida como Cabeceira Alegre.


Segundo Geraldo Resende a população não pode sofrer por falta de velocidade da administração pública em executar os processos burocráticos, a prefeitura deve ser ágil para que a saúde pública melhore e que os recursos viabilizados cheguem a comunidade que tanto precisa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Guedes defende saída da “letargia econômica” em dois estágios
DOURADOS
Com suspeita de Covid-19 descartada, profissionais de saúde vão retomar atividades
MATO GROSSO DO SUL
Movimentação acima de 60% deixa o Estado em 3° do País em velocidade de contágio
ECONOMIA
Governo defende reformas após a pandemia para recuperar o PIB
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown
LUTO
Morre aos 63 anos o jornalista Gilberto Dimenstein em São Paulo
CLIMA
Mato Grosso do Sul em alerta para tempo seco e baixa umidade relativa do ar
CAMPO GRANDE
Homem condenado a 6 anos por roubo é preso
PANDEMIA
Com crescente número de coronavírus em MS, Dourados ultrapassa 230 casos
DOURADOS
Morte de idosa no HU é descartada para Covid-19

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido