Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Gerações comprova a força da música de MS no Festival de Bonito

24 julho 2007 - 15h44

O primeiro show do 8º Festival de Inverno de Bonito será um dos mais representativos da música de Mato Grosso do Sul. No dia primeiro de agosto, às 21h, com entrada franca, na Praça da Liberdade, o público vai conferir o espetáculo “Gerações”, que reúne cerca de 30 músicos sul-mato-grossenses. O show, que será realizado pela terceira vez, é uma continuação do CD homônimo lançado em setembro de 2006 e que foi produzido e coordenado por Márcio de Camillo.
O concerto tem aproximadamente 1h30 de duração e coloca lado a lado cantores, compositores e instrumentistas do Estado de gerações e estilos diferentes. Desde Paulo Simões, Celito Espíndola e Carlos Colman, passando pelos veteranos Beth & Betinha, Amambay & Amambaí e Elinho do Bandoneon, até os grupos de rock Bêbados Habilidosos, O Bando do Velho Jack, Olho de Gato e Filho dos Livres, os compositores Jerry Espíndola e Guilherme Rondon, os instrumentistas Gabriel Sater, Marcelo Loureiro e Rodrigo Sater, e as cantoras Clarice Maciel, Maria Alice, Lenilde Ramos, Juci Ibanez.
Uma das novidades para o show de Bonito é que o cantor bonitense Thiago Perez vai substituir Alzira Espíndola na música “Colisão”. Thiago vai dividir o palco com Rodrigo Teixeira para interpretar a canção de Jerry Espíndola e Ciro Pinheiro. Os instrumentistas Bibi do Cavaco e Orlando Baron são convidados especiais também e mostrarão uma versão para a clássica “Mercedita”.
Um dos charmes do espetáculo é a exibição de vídeos no telão nos intervalos de cada música. Imagens raras, muitas da década de 80, mostram clipes e depoimentos de artistas sul-mato-grossenses, entre eles, Geraldo Espíndola, Geraldo Roca, Grupo Terra e Tetê & Lírio Selvagem, que tornam o show ainda mais emocionante e afetivo para quem acompanha o desenvolvimento da moderna música sul-mato-grossense desde final dos anos 60. Após cantarem aproximadamente 15 músicas em duplas, no final da apresentação, todos se reúnem no palco para encerrar o concerto.
O projeto Gerações foi um dos dois escolhidos de Mato Grosso do Sul pelo programa de patrocínio cultural da Petrobrás de 2005. O disco foi gravado entre março e julho de 2006 e possui 14 faixas reunindo dois artistas em cada e envolvendo 60 músicos ao todo.
As três mil cópias do álbum foram distribuídas para entidades não-governamentais, órgãos públicos, rádios do interior, escolas e meios de comunicação. “O objetivo agora e fazer o Gerações circular dentro e fora de MS. E, intencionalmente, como um grupo e não isoladamente”, explica Camillo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Veículo carregando com 200 quilos de maconha é apreendido na BR-267
Veículo carregando com 200 quilos de maconha é apreendido na BR-267
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes manda PGR se manifestar sobre investigação de Braga Netto
Jovem é agredida por tio após ele encontrar teste de gravidez no banheiro
Atleta de MS, Leonardo de Deus termina final dos 200m borboleta longe do pódio
JOGOS DE TÓQUIO
Atleta de MS, Leonardo de Deus termina final dos 200m borboleta longe do pódio
Frio: prefeitura cria força-tarefa para atender pessoas em situação de rua
DOURADOS
Frio: prefeitura cria força-tarefa para atender pessoas em situação de rua
Brasileiro acusado de feminicídio é deportado do Paraguai
EDUCAÇÃO
IFMS abre matrículas da 2ª chamada para cursos de qualificação profissional
MEIO AMBIENTE
PMA resgata filhote de veado em quintal de residência em Guia Lopes
CREDENCIAMENTO
Escolagov divulga pontuação de candidatos em processo seletivo
FRONTEIRA
Polícia prende acusado de tentativa de estupro contra estudantes de medicina

Mais Lidas

ESTRELA PORÃ
Homem que atropelou e matou adolescente de 13 anos é preso em Dourados
DOURADOS
Acidente no Centro deixa motociclista com fratura na perna e motorista foge
DOURADOS
Preso, jovem afirma ter bebido e que fugiu por medo de linchamento
DOURADOS
Drogas e submetralhadora são apreendidos no Idelfonso Pedroso