Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

General lamenta falta de ajuda humanitária da ONU

16 agosto 2004 - 15h06

Depois de obter "sucesso" em seus objetivos principais, a manutenção da paz e da segurança, a missão de paz das Nações Unidas no Haiti carece do apoio de outro setor da ONU para garantir seu trabalho no país, a "ajuda humanitária". "Aqueles que vão atuar na ajuda humanitária ainda não chegaram aqui. E sentimos falta disso. Há um desgaste e uma cobrança muito forte", afirmou à Agência Brasil o comandante das tropas brasileiras no Haiti, o general Américo Salvador de Oliveira. Desde 29 de maio, quando o Brasil iniciou o deslocamento de tropas para o Haiti, os principais conflitos armados já tinham diminuído. Os maiores combates entre partidários e opositores de Jean-Bertrand Aristide aconteceram entre janeiro e março deste ano. Após a presença de soldados dos Estados Unidos, França, Chile e Canadá, que formavam a força interina multinacional, os brasileiros chegaram com o maior contigente das tropas de paz enviadas com aval da resolução 1542 do Conselho de Segurança da ONU. Atualmente, 1.198 soldados brasileiros estão divididos em sete diferentes áreas do Haiti - seis na capital Porto Príncipe e um na cidade de Hinche, em substituição provisória das tropas do Nepal, que ainda não chegaram ao país. Para o general, a situação política do país é melhor. “Os grupos políticos se retraíram muito após a retirada do presidente Aristide. Eles praticamente não têm atuado. Isso nos permite afirmar que o problema maior aqui é voltado para roubos, assaltos e mais voltado para a atuação de polícia", explica. Mas, assim como o comandante Augusto Heleno, chefe das tropas da ONU (Minustah), o general Salvador reconhece que a demora na ajuda humanitária desgasta o trabalho dos "capacetes azuis".

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Ladrão trapalhão cai durante fuga e acaba detido até chegada da PM
COVID-19
Neno Razuk pede prioridade na vacinação para cuidadores de crianças
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
TRÊS LAGOAS
Homem é preso por furtar televisão e notebook de clínica odontológica
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
POLÍTICA
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
AJUDA
Caixa libera saques do auxílio para novo grupo; veja quem recebe
UFGD
Pesquisador descobre novas espécies de peixes na bacia do Taquari
SENADO
CPI ouve hoje Wajngarten sobre 'incompetência' do Ministério da Saúde
SOLIDARIEDADE
Doações para campanha 'Aqueça Uma Vida' podem ser feitas até dia 18
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados