Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Furacão Ivan mata 20 em Granada e avança pelo Caribe

08 setembro 2004 - 21h23

O furacão Ivan matou pelo menos 20 pessoas em sua passagem pela minúscula ilha de Granada, no Caribe, informaram hoje as autoridades, quando a tormenta já tomava um novo rumo. Classificado na categoria 4 de perigo, numa escala de intensidade de furacões que vai até cinco, o Ivan varreu esta ilha vulcânica de 90 mil habitantes, situada na região sudeste do Caribe, na terça-feira. "Nossos diplomatas informam que há 20 mortes confirmadas", disse um funcionário do Departamento de Estado, em Washington, que pediu para não ser identificado. O furacão ameaça hoje e nos próximos dias vários países do Caribe e do norte da América do Sul, além de espreitar a Flórida, assolada por dois furacões em três semanas. Se as previsões se cumprirem, o furacão deve atingir Cuba em quatro dias. O governo jamaicano também emitiu um alerta de furacão. O próximo território a ser atravessado é as Antilhas Holandesas. Ivan castigou Granada nas últimas horas com ventos de 193 quilômetros por hora. Hoje, os ventos se fortaleceram no mar do Caribe a 225 km/h e também causaram danos nos arquipélagos de Barbados, Santa Lúcia e São Vicente, onde milhares de habitantes ficaram sem água, eletricidade e telefone. Em Barbados, a imprensa indica que 221 casas foram atingidas na passagem do furacão, mas não se sabe se houve vítimas. Nem a residência do primeiro-ministro de Granada, Keith Mitchell, se salvou da fúria do ciclone e ficou muito danificada. A ilha aguarda as primeiras ajudas de urgência de seus vizinhos, entre os quais Trinidad e Tobago, Turks e Caicos, Grande Cayman e Antígua e Barbuda já ofereceram. De acordo com as previsões do Centro Nacional de Furacões dos EUA (CNH), com sede em Miami, nos próximos cinco dias o Ivan poderá atingir Cuba, Jamaica e provavelmente a Flórida, que em apenas três semanas, foi assolada pelo Charley e pelo Frances, causando pelo menos 36 mortes e prejuízos que podem ultrapassar os US$ 30 bilhões. "Até agora, nossas análises indicam que o impacto mais provável nos EUA é a costa oeste da Flórida. Vamos esperar que não", disse Roberto Molleda, meteorologista do CNH.Os ventos do Ivan ameaçam as Antilhas Holandesas (Aruba, Bonaire e Curaçao) e o litoral venezuelano, para onde foi emitido um aviso de furacão (passagem em 24 horas). Às 12h de Brasília, o Ivan estava 235 quilômetros ao nordeste de Bonaire e cerca de 1.280 quilômetros ao sudeste da Jamaica. Uma "vigilância" de furacão (ameaça em 36 horas) e um "aviso" de tempestade tropical continuam valendo para a península de La Guajira, na Colômbia, e para todo o litoral norte da Venezuela. As autoridades de Caracas não informaram sobre prejuízos graves causados pelo fenômeno. O governo do Haiti emitiu uma "vigilância" de furacão para todo o sudoeste do país. Já na República Dominicana está em vigor uma "vigilância" de tempestade para o litoral sudoeste, de Santo Domingo a Pedernales. As projeções por computador do CNH indicam que o Ivan poderá estar amanhã ao sul da Jamaica, atravessá-la entre sexta e sábado, e chegar ao extremo oeste de Cuba no domingo. Na segunda-feira, o furacão pode amanhecer no Golfo do México, onde acentuaria um giro para noroeste que o levaria à Flórida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
TRÊS LAGOAS
Homem é preso por furtar televisão e notebook de clínica odontológica
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
POLÍTICA
Audiência pública vai debater hoje o piso salarial de enfermeiros
AJUDA
Caixa libera saques do auxílio para novo grupo; veja quem recebe
UFGD
Pesquisador descobre novas espécies de peixes na bacia do Taquari
SENADO
CPI ouve hoje Wajngarten sobre 'incompetência' do Ministério da Saúde
SOLIDARIEDADE
Doações para campanha 'Aqueça Uma Vida' podem ser feitas até dia 18
COXIM
Corpo encontrado em lagoa fica sobre "reboque" até chegada da polícia
TEMPO
Quarta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
RECURSO PRIVILEGIADO
Ação contra exclusão de multas no Detran prende um com CNHs falsas

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados