Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397

Furacão Isabel deixa 300 mil pessoas sem luz nos EUA

18 setembro 2003 - 12h58

O furacão Isabel chegou hoje ao litoral da Carolina do Norte, com ventos de 160 km/h e chuvas torrenciais que obrigaram a retirada de parte da população da Costa Leste, o cancelamento de centenas de vôos e o fechamento de órgãos públicos federais em Washington. Mais de 300 mil pessoas ficaram sem eletricidade no litoral da Carolina do Norte e da Virginia, onde quedas de árvores atingiram a rede elétrica. O problema deve se agravar conforme a tempestade entrar para o interior. A borda da tempestade chegou às ilhas Outer Banks, na Carolina do Norte, às 11h (12h em Brasília), trazendo rajadas de vento de até 136 km/h. O olho da Isabel estava 88 quilômetros ao sul de Cape Hatteras e, deslocando-se a 24 km/h, deve chegar ao continente durante a tarde. A tempestade deve passar ainda sobre a Virginia para então chegar a Washington com ventos de quase 100 km/h, segundo os meteorologistas, que prevêem também tornados e inundações. A região, que há meses já têm chuvas além do normal, pode receber mais 25 centímetros de água. As empresas aéreas cancelaram quase 700 vôos, a maioria com chegada ou partida nos aeroportos da Carolina do Norte, Virginia e da região de Washington. As rotas dos aviões foram desviadas para que eles fujam da tempestade. O Isabel está na categoria 2 da escala Saffir-Simpson, que vai até 5 e mede a capacidade de destruição dos furacões. Nessa categoria, ela pode destruir trailers, telhados, redes elétricas, torres de telefonia celular, além de bloquear estradas com árvores e postes caídos. Os Estados da Carolina do Norte, Virginia, Maryland, Virginia Ocidental, Delaware e Pensilvânia, além do Distrito de Columbia (Washington), declararam estado de emergência. As escolas estão sem aulas, e os abrigos estão abertos à população. Nas áreas mais baixas da Virginia e da Carolina do Norte, mais de 200 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas, imersas em inundações de mais de três metros. Ontem havia quase 6 mil pessoas nos abrigos da Carolina do Norte. As pontes que levam a algumas das ilhas Outer Banks foram fechadas por causa dos ventos. Na ilha Ocracoke, onde o famoso pirata Barba-Negra foi morto, 80% das estradas estão alagadas. Algumas cidades estão sem policiamento, porque as patrulhas se tornaram muito perigosas. Em Washington, só os funcionários públicos essenciais trabalharam. O metrô e os ônibus não funcionaram durante a manhã. Praticamente não há trens para o sul. Fugindo da tempestade, o presidente George W. Bush embarcou de helicóptero na quarta-feira para a residência de Camp David, onde se reuniria na quinta com o rei Abdulá, da Jordânia. O zoológico de Washington também tomou precauções, recolhendo os animais e diminuindo o nível dos tanques ao redor das jaulas de leões e tigres. Na Virginia, a Guarda Nacional colocou helicópteros de prontidão, e mais de 4 mil pessoas já passaram a noite em abrigos. "Isso mostra que a população está levando a tempestade muito a sério", afirmou o governador Mark Warner. Muita gente, no entanto, preferiu reforçar os estoques de mantimentos e agüentar firme. Mari Pohlhaus, que vive com duas filhas em Norfolk, uma região que alaga mesmo com chuvas fortes, considerou que sua centenária casa bastaria para resistir ao Isabel.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
PANDEMIA
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
ABERTO DE TÊNIS
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
VÔLEI
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
POLÍCIA
Caminhão com pneus do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
JUDÔ
Judô brasileiro bate outra vez na trave no Grand Slam de Tashkent
COVID-19
Pela segunda vez na semana, Dourados atinge 100% da ocupação de leitos de UTI
DOURADOS
Casa é furtada no Jardim Água Boa e filhote de cachorro é levado com pertences
DOURADOS
Pizzaria é arrombada e assaltada, no Jardim Água Boa

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF