Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Fundescola divulga resultado de concurso para especialistas

09 agosto 2004 - 22h12

A Coordenação de Modelos Pedagógicos (CMP) do Fundo de Desenvolvimento da Escola (Fundescola/MEC) divulga amanhã, 10, o resultado final das provas do concurso para a contratação de especialistas, realizado no último dia 16 de julho. O resultado poderá ser conferido nas sedes das 19 Coordenações Executivas do Programa (Coeps) nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Cerca de quatrocentos candidatos concorreram às 243 vagas previstas para as Coeps. Eles disputaram cargos nos programas Fortalecimento da Equipe Escolar, Psicopedagogia, Novos Rumos da Avaliação, Gestar de 1ª a 4ª série e de 5ª a 8ª série de Língua Portuguesa, Gestar de 1ª a 4ª série e de 5ª a 8ª série de Matemática, Desenvolvendo Saberes e Práticas para Lidar com Portadores de Necessidades Especiais, Atendimento a Alunos com Deficiência Auditiva e Praler. A Coordenação de Modelos Pedagógicos, responsável pela aplicação e análise das provas, espera a confirmação da capacitação desses especialistas, prevista para setembro. A capacitação ficará a cargo da coordenação e de outros especialistas."É necessário definir os especialistas aprovados no concurso para que possamos capacitar os formadores nos estados. Com a formação, os estados e municípios terão autonomia para agendar e realizar as próprias capacitações", diz a coordenadora de Modelos Pedagógicos do Fundescola, Débora Moraes Correia.  capacitação vai transmitir, aos aprovados no concurso, modelos e diretrizes dos programas da CMP. As provas foram avaliadas por técnicos e especialistas contratados pela Coordenação de Modelos Pedagógicos. Os candidatos deveriam acertar pelo menos 60% das questões, demonstrar conhecimentos básicos de informática e internet e ter, no mínimo, três anos de experiência na gestão de docentes na educação básica. No caso do Praler, era indispensável experiência em sala de aula de alfabetização de crianças. Cada programa tem um número determinado e específico de horas-aula e os especialistas receberão R$ 40,00 para cada hora-aula. Os candidatos aprovados deverão começar a trabalhar no final de agosto ou no começo de setembro. Os professores não podem ter vínculo empregatício com órgãos públicos das esferas municipal, estadual ou federal. Os especialistas irão atuar na capacitação de professores formadores criando uma rede de multiplicadores, visando à qualidade do ensino das séries iniciais do ensino fundamental da rede pública.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Jovem mata ex-namorado da mãe a facadas após presenciar agressão
SENADO
CPI vai questionar negociações do Itamaraty para garantir cloroquina
ANHANDUÍ
Pedestre morre após ser atropelado por caminhão baú na BR-163
IMUNIZANTES
Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta-feira
Homem que abusou da mulher é denunciado por estuprar a filha
FUTEBOL
Costa Rica vence Aquidaunense e retoma a liderança do Estadual
CRIME AMBIENTAL
Animais são abandonados, morrem e mulher é multada em R$ 4 mil
JUSTIÇA
Juiz determina que Carla Zambelli tire vídeo da canção 'Milla' do ar
CAPITAL
Homem morre após cair de três metros ao conferir estoque de loja
TJ/MS
Concurso Extrajudicial terá audiência pública no dia 27 de maio

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
INDÁPOLIS
Homem assassinado em distrito sofreu vários golpes de facão e teve mão decepada
DOURADOS
Juiz manda Câmara exonerar nomeados e realizar novo concurso público