Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Fundect recebe 11 projetos para pesquisa em empresas

27 outubro 2004 - 11h11

A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) recebeu 11 propostas de projetos para o Pappe (Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas). O edital vai destinar R$ 2,4 milhões para a execução das pesquisas, sendo R$ 1,2 milhão proveniente da Fundect e R$ 1,2 milhão oriundo da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).  Das 11 propostas recebidas pela Fundect, oito são de empresas de Campo Grande e três de Dourados. O total de recursos solicitados pelos pesquisadores foi de R$ 1.434.120,29. Entre os projetos apresentados, seis são vinculados à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), um ao Idaterra, um à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), um à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e um à Unigran.O valor máximo financiado por cada projeto aprovado será de até de R$ 200 mil por um período de 24 meses. Os recursos começam a ser liberados a partir de fevereiro de 2005.Os objetivos do Pappe são possibilitar aos pesquisadores associar-se a empresas de base tecnológica para o desenvolvimento de projetos de inovação, contribuir para o fortalecimento da atividade de pesquisa em ambientes empresariais e ainda oferecer incentivos para que empresas desenvolvam trabalhos inovadores de impacto comercial ou social.Serão considerados prioritários projetos nas áreas de agronegócio, biotecnologia, saúde, verde/amarelo (parceria universidade-empresa) e de energia. No julgamento das propostas será avaliado o caráter inovador do projeto e viabilidade técnica; qualidade da proposta, levando em conta os resultados econômicos e sociais envolvidos; e também a qualificação profissional e acadêmica dos proponentes. O processo de seleção de propostas será desenvolvido em três fases. Na primeira etapa, as propostas de pré-qualificação recebidas serão analisadas com relação à adequação do proponente, da empresa e do projeto de inovação. Na segunda etapa, a proposta passará por um estudo de viabilidade técnica, econômica e comercial. Já na terceira fase os pesquisadores irão apresentar um Plano de Negócios detalhado com explicações a respeito da estratégia de comercialização e marketing do novo produto ou processo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CCZ visita casas no Jardim Água Boa nesta semana para vacinação contra raiva
CÃES E GATOS
CCZ visita casas no Jardim Água Boa nesta semana para vacinação contra raiva
Fique por dentro das alterações no benefício Loas
ARTIGO
Fique por dentro das alterações no benefício Loas
Covid-19 matou 147 indígenas em Mato Grosso do Sul
PANDEMIA
Covid-19 matou 147 indígenas em Mato Grosso do Sul
Hospital do Coração informa: Câncer de cabeça e pescoço é um dos tumores mais frequentes em homens
INFORME PUBLICITÁRIO
Hospital do Coração informa: Câncer de cabeça e pescoço é um dos tumores mais frequentes em homens
Maior presídio de Mato Grosso do Sul retoma visitas presenciais no sábado
DOURADOS
Maior presídio de Mato Grosso do Sul retoma visitas presenciais no sábado
DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
CONTRABANDO
Produtos sem documentação escondidos em caminhão de mudança são apreendidos
INFORME PUBLICITÁRIO
Sofá Inbox tem aquele presentão para o pai que agrada também toda a família; Confira
VERBA
Cultura publica chamamento no valor de R$ 5,3 milhões para Festival
LEGISLATIVO DE MS
Assembleia retorna hoje com sessões e quatro matérias pautadas

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso