Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99257-3397

Funasa discute dificuldades no atendimento a indígenas

26 abril 2004 - 12h23

Representantes da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) de Mato Grosso do Sul e da Secretaria de Saúde de Sidrolândia (MS) se reunirão nesta tarde na prefeitura municipal de Sidrolândia para discutir o encaminhamento de pacientes indígenas para atendimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde), bem como a realização de exames para os pacientes das aldeias próximas ao município. Representando a Coordenação Regional da Funasa, participam da reunião o chefe do Pólo-base de Saúde Indígena de Sidrolândia, Geraldo Gomes do Reis e a chefe da Casa de Saúde do Índio (Casai) de Campo Grande, Marly Teixeira. Também participarão alguns representantes das aldeias da região, além do presidente da Câmara dos Vereadores, Ademir Oshiro e a Secretária Municipal de Saúde, Sirlene Costa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Vôlei de praia: Guto e Arthur Mariano vencem etapa do Brasileiro
Senado vota na terça MP que facilita compra de vacinas contra coronavírus
PANDEMIA
Senado vota na terça MP que facilita compra de vacinas contra coronavírus
ESPORTE
Jogo entre Joinville e Marcílio Dias é adiado após surto de Covid-19
Operação Piracema é encerrada com aplicação de R$ 79 mil em multas
FISCALIZAÇÃO
Operação Piracema é encerrada com aplicação de R$ 79 mil em multas
EUA
Facebook vai pagar US$ 650 milhões para encerrar ação por violar privacidade
REGIÃO
Embriagado, homem é preso após bater em carro estacionado
EDUCAÇÃO
Prouni abre inscrições para lista de espera nesta segunda-feira
PANDEMIA
Repórter fotográfico de MS morre vítima do coronavírus
PANDEMIA
Dourados figura com 82% de ocupação dos leitos de UTI/SUS para Covid-19
ESPORTE
Campeonato Gaúcho: Internacional estreia contra Juventude na segunda

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
PANDEMIA
Mais uma pessoa morre por covid em Dourados e casos confirmados se aproximam de 21 mil
DOURADOS
Homem é suspeito de incendiar carro de vizinho após ser mordido por cachorro