Menu
Busca quinta, 02 de dezembro de 2021
Dourados
33°max
20°min
Campo Grande
30°max
22°min
Três Lagoas
35°max
22°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Funai ainda aguarda ida de indigenista para Amambai

05 janeiro 2004 - 10h53

A Funai (Fundação Nacional do Índio) em Brasília ainda não confirmou o envio a Mato Grosso do Sul do indigenista Cláudio Romero e uma equipe de técnicos para negociar a saída dos índios guarani, que desde o dia 23 de dezembro ocupam fazendas na região de Amambai, a 390 quilômetros de Campo Grande. O administrador da Funai em Amambai, Wilian Rodrigues, disse que a presença de Romero foi um pedido dos próprios indígenas. A solicitação foi encaminhada à sede nacional do órgão na semana passada, mas, até agora, não houve resposta. Rodrigues explica que Romero é uma pessoa conhecida entre a comunidade guarani e pode conseguir dar fim ao conflito envolvendo índios e fazendeiros na região sul de Mato Grosso do Sul. A confirmação da vinda dele ao Estado pode ser confirmada ainda nesta manhã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Operação conjunta apreende quase meia tonelada de maconha na BR-267
NOVA ALVORADA DO SUL
Operação conjunta apreende quase meia tonelada de maconha na BR-267
BUSCAS POR BIMOTOR
Marinha localiza objeto de tripulante do avião desaparecido em Ubatuba
CAPITAL
Após bebedeira, homem é encontrado morto no quintal de residência
BRASIL
Promulgação da PEC dos Precatórios deverá ser fatiada, diz Arthur Lira
MARACAJU
Motociclista quase tem pé decepado após colisão contra veículo
SELEÇÃO
Publicada convocação de candidato em processo seletivo da Sedhast
Casal é denunciado suspeito de maltratar e manter filha em cárcere privado
UEMS
Inscrições para submissão em seleção de bolsa de extensão são prorrogadas 
JARDIM
Traficante foge e abandona veículo abarrotado de maconha na BR-060
JUDICIÁRIO
Nomeação de André Mendonça para o STF é publicada no Diário Oficial

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Caminhoneiro que morreu em acidente na Serra de Maracaju era douradense
PONTA PORÃ
Morre agente de saúde alvo de atentado a tiros na fronteira
DARK CARD
Operação que apura desvios de recursos públicos feitos por servidores mira oficina em Dourados
DOURADOS
Homem persegue trio que invadiu o comércio dele e consegue recuperar celulares