Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

França: campanha compara fumantes a escravos sexuais

23 fevereiro 2010 - 15h53


Campanha da associação DNF comparou o ato de fumar com uma felação forçada e causou polêmica
Foto: AFP




Uma nova campanha antitabaco, sob o lema "Fumar é ser escravo do cigarro", causou polêmica na França porque inclui a imagem de um jovem simulando uma felação forçada, com um cigarro na boca e com a mão de um adulto sobre sua cabeça.
Trata-se de uma campanha que a associação de Direitos dos Não Fumantes (DNF) lançou com o objetivo de "impactar", algo que já conseguiu em apenas um dia após o lançamento.
O jornal Le Parisien publica hoje na capa as fotos provocativas - uma com um menino e outra com uma menina. Elas foram muito criticadas por associações de defesa dos direitos da família e organizações feministas, que consideram ridículo e escandaloso vincular o tabaco com o sexo.
"Que eu saiba, praticar uma felação não provoca câncer", afirma em declarações a esse jornal Antoinette Fouque, uma das fundadoras do Movimento de Libertação da Mulher.
A ideia não agradou inclusive grupos mais combativos contra o tabaco, como o Escritório francês de Prevenção do Tabagismo. O presidente da entidade, Bertrand Dautzenberg, considera que as imagens vão causar impactos aos adultos, mas não aos jovens.
A DNF argumenta que a única mensagem que se pretende transmitir é que fumar é uma submissão e que o fato de recorrer ao sexo para transmiti-lo é uma maneira de atrair a atenção dos mais jovens.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce
EDUCAÇÃO
SED cria página para transmissão das aulas em tempo real pela internet
INFLUENZA
Mato Grosso do Sul chega a quase 2 mil notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave
POLÍCIA
Abordado em carro com placas da capital, viciado entrega traficante em Dourados
CAPITAL
Primo desaparecido pode ser oitava vítima do "pedreiro assassino"
DATAFOLHA
Pesquisa aponta que 67% reprovam aproximação de Bolsonaro com 'Centrão'
TERÇA-FEIRA
Rua Júlio Marques de Almeida no Parque Alvorada será preferencial
AUTORIZAÇÃO
PF diz ao Supremo para ouvir Bolsonaro em inquérito sobre interferência

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown