Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Força Nacional reforça combate à criminalidade em Alagoas

26 março 2008 - 05h25

O ministro da Justiça, Tarso Genro, informou ontem, em Maceió, que a partir de sexta-feira (28) cerca de 50 agentes da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) irão atuar no combate à criminalidade em Alagoas. Ao participar da cerimônia de posse do novo secretário de Defesa Social de Alagoas, o delegado aposentado da Polícia Federal Paulo Rubim, o ministro anunciou também a liberação de R$ 18 milhões para ações na segurança pública no estado.

Há cerca de um mês, diante da negativa do Ministério da Justiça de enviar tropas da FNSP a Alagoas para combater a violência no estado, a Secretaria de Defesa Social disse que poderia pedir de volta os 40 policiais militares alagoanos que estão no Rio de Janeiro à disposição da Força Nacional de Segurança Pública. Alagoas enfrentava uma greve de policiais civis de mais de seis meses e, por isso, pediu a presença da Força Nacional para garantir a tranqüilidade no estado. De acordo com o ministro Tarso Genro, os bombeiros e policiais militares que compõem a Força Nacional não teriam como cumprir o papel dos policiais civis.

O governador Teotônio Vilela Filho, entretanto, negou a intenção de chamar de volta os policiais alagoanos e afirmou que ainda tinha esperança de que o Ministério da Justiça atendesse ao pedido. Segundo ele, o ministro Tarso Genro disse, na ocasião, que não houve negativa, que estava com dificuldade para recrutar as tropas e que o envio da força seria apenas uma questão de tempo. "Precisamos muito e não abrimos mão da presença da Força Nacional”, afirmou Teotônio.

A greve dos policiais civis de Alagoas terminou no dia 27 de fevereiro.

Ao anunciar hoje a liberação de R$ 18 bilhões para a segurança pública em Alagoas, o ministro disse que os recursos serão empregados na construção de um presídio e em programas de valorização dos policiais do estado, entre outras ações. De acordo com a assessoria do Ministério da Justiça, o presídio se destinará a jovens condenados de 18 a 24 anos, com módulos especiais de educação e saúde. A obra terá início ainda no primeiro semestre deste ano, informou a assessoria.

Um dos programas destinados aos policiais alagoanos prevê a abertura de uma linha de crédito na Caixa Econômica Federal, para moradia de R$ 50 mil, para aqueles que ganham até R$ 2.800. Outro programa de incentivo à carreira policial dará uma bolsa de R$ 400 mensais para aqueles que ganham até R$ 1.400 e desejam melhorar sua capacitação profissional.

As ações do Ministério da Justiça que serão implementadas em Maceió são fruto da adesão da cidade ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). A escolha dos projetos é feita a partir da instalação de Gabinetes de Gestão Integrada (GGIs), com a participação de autoridades locais, da iniciativa privada e da sociedade civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem persegue, atropela cunhado e bate em carro de delegacia
Jovem é preso após transportar duas malas com maconha em ônibus
REGIÃO
Jovem é preso após transportar duas malas com maconha em ônibus
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Detran/MS dá início a curso para uso do talonário eletrônico em Dourados
CAPACITAÇÃO
Detran/MS dá início a curso para uso do talonário eletrônico em Dourados
REGIÃO
Governo lança sistema para melhorar atendimento aos migrantes
INFORME PUBLICITÁRIO
Coelho arranca gargalhadas e anima pessoas em Dourados
TV DOURADOS NEWS
Uma classe unida fortalece a advocacia de todos, diz Beto Teixeira, candidato a presidente de OAB
FRONTEIRA
Apreendidos 246 quilos de cocaína nos destroços do helicóptero que caiu
INVESTIMENTO
Dourados recebe quase R$ 4 milhões em obras voltadas para o esporte
DETRAN
MS vai ter CNH Social para beneficiar cinco mil pessoas por ano

Mais Lidas

CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
JARDIM MÁRCIA
Bandidos fazem "limpa" em motel de Dourados e levam até carro
REGIÃO
Duas pessoas morrem carbonizadas após queda de helicóptero carregado com cocaína
DOURADOS
Entreposto que tinha até pé de maconha é fechado e trio preso pela polícia