Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Fluminense demite treinador após empate no Maracanã

15 agosto 2004 - 21h09

O técnico Ricardo Gomes foi surpreendido pela diretoria do Fluminense, que o demitiu do cargo, nos vestiários do Maracanã, após o empate contra o Paysandu, por 1 a 1, neste domingo à noite, na estréia do returno do Campeonato Brasileiro. O treinador há muito vinha se desgastando à frente da equipe e a coleção de insucessos na competição, além de desentendimentos com os principais jogadores: os artilheiros Romário e Edmundo, além do meia Roger, contribuíram para sua saída. "Troca de comando é normal. Evidente que o treinador tem vontade de continuar o trabalho, mas a diretoria vai fazer uma nova tentativa", disse Gomes. "Não vou falar se foi justo ou injusto. Anteriormente, houve um processo, uns boatos de contratação de outros técnicos e na época já havia deixado à vontade a diretoria para me demitir." Gomes assumiu o Fluminense em março e com o decorrer dos dias colecionou problemas de relacionamento com Edmundo, Roger e Romário. Na última semana, o ex-técnico tricolor desejou cortar algumas regalias de Romário afirmando que o artilheiro passaria a treinar somente nas Laranjeiras. "Acho que ninguém atrapalhou e não faria nada diferente. Futebol é assim mesmo", contou Gomes. "Fiz o meu máximo. Agora, antes da competição demos à diretoria do Fluminense as deficiências da equipe. Por problemas financeiros, ela não pôde reforçar e os erros já detectados foram se repetindo." Para ocupar o lugar de Gomes, Émerson Leão tem a preferência de Romário, que não escondeu sua simpatia pelo ex-técnico do Santos e Cruzeiro. Mas, Paulo Bonamigo e Renato Gaúcho interessam à diretoria do Fluminense."O novo treinador tem que conseguir dar homogeneidade e mais união ao grupo. Futebol é resultado e esse foi o motivo para a demissão do Ricardo", explicou o vice-presidente de Futebol do Fluminense, Carlos Henrique Ferreira. "Sabemos dos problemas que ele enfrentou e também sei que a diretoria tem sua parte de culpa, mas os resultados não apareceram e decidimos pela sua saída."

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS