Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Filme sobre Helena Meirelles será lançado dia 31

27 agosto 2004 - 12h32

Helena Meirelles vai poder finalmente assistir a sua trajetória de 80 anos de vida na tela grande. O cineasta carioca Francisco de Paula vai realizar o lançamento oficial do filme-documentário “Helena Meirelles, A Dama da Viola” em Campo Grande, no dia 31 de agosto, às 21 horas, no Cinemark. Para assistir ao filme, o público precisa trocar o ingresso por 1 quilo de alimento a partir de segunda-feira, dia 30, na própria portaria do Cinemark, que fica no Shopping Campo Grande. Serão disponibilizados 330 ingressos e o que for arrecadado será doado a uma instituição de caridade. “A Dona Helena merece ter seu talento reconhecido em vida e ser tratada como uma das maiores artistas do país”, afirma o diretor. A produção tem 75 minutos e conta a peculiar história de Helena Meirelles. O longa mostra a instrumentista sul-mato-grossense em diversas fazendas de Mato Grosso do Sul e tocando várias músicas de seu repertório. “O objetivo do filme é divulgar a arte da Dona Helena e toda a carga cultural em que ela está inserida, como as comitivas pantaneiras e o tereré”, explica Francisco de Paula.Francisco de Paula fez questão de que o filme-documentário fosse lançado primeiramente em Campo Grande, terra natal de Helena Meirelles, para só depois começar a percorrer outras cidades do Brasil. Após a Capital de Mato Grosso do Sul, “Helena Meirelles, A Dama da Viola” já está programado para ser exibido no Rio de Janeiro, no Festival BR, dia 26 de setembro no Cine Odeon. “Espero que a Dona Helena já tenha condições de viajar e possa vir ao Rio prestigiar o filme”, ressalta Francisco, referindo-se ao estado de saúde da instrumentista, ainda se recuperando de uma forte pneumonia que a deixou internada no mês passado. O filme - “Helena Meirelles, A Dama da Viola” começou a ser produzido em 2001. Francisco de Paula se interessou em contar a história de Helena Meirelles após ler uma matéria sobre a instrumentista em um jornal. Depois de conseguir o telefone da sul-mato-grossense com uma amiga que reside em Bonito, o diretor entrou em contato com Helena, que o chamou para passar o Natal de 2000 em Presidente Epitácio, interior de São Paulo, onde ela residia na época. “Acabei ficando 10 dias com a Dona Helena e nossa relação virou uma amizade”, conta.Desde então, Francisco de Paula teve vários encontros com a instrumentista, que fez questão de que todo o filme fosse rodado no Mato Grosso do Sul. Servem de cenário para a produção cidades como Bataguassu e Aquidauana, onde Helena aparece montando a cavalo em um comitiva, a Fazenda Paraíso em Ivinhema e a Fazenda Santa Inês, antiga Fazenda Jararaca, local em que Helena nasceu. “Também passamos por Bonito, onde registramos vários depoimentos de jovens sobre a Dona Helena”, antecipa o diretor. Francisco de Paula dirigiu sucessos como o filme Areias Escaldantes, de 1985, que tem no elenco Regina Casé, Luiz Fernando Guimarães, Diogo Vilela e trilha musical das principais bandas de rock dos anos 80. O longa-documentário com Helena Meirelles marca o retorno do cineasta à tela grande, já que seu último filme foi o elogiado Oceano Atlantis, de 1993. A narração de “Helena Meirelles, A Dama da Viola” é do ator Rubens de Falco e todo o orçamento saiu do próprio bolso do diretor. “Fiz algumas parcerias, mas eu banquei praticamente todo o filme. Por isso demorou tanto tempo para finalizá-lo”, garante Francisco. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Denúncia anônima leva a polícia prender a 'Baronesa do Tráfico' e a filha
Assassino de secretário municipal é condenado a 14 anos de prisão
DOURADOS
Assassino de secretário municipal é condenado a 14 anos de prisão
TRANSPORTE DE CARGAS
Governo Federal anuncia novas regras que beneficiam os caminhoneiros
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
PANDEMIA
Decreto prorroga medidas restritivas e mantém parques fechados em Dourados
COXIM
Idoso que estuprou mais de 10 crianças é preso por abusar da neta de 5 anos
JUDICIÁRIO
Ministro do STF nega pedido da 'capitã cloroquina' para evitar perguntas da CPI
CHAPADÃO DO SUL
'Lágrima' é assassinado com tiros na cabeça e no abdômen por dupla armada
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 440 mil mortos por Covid, com média de 1.953 por dia
Casal de MS é preso por tráfico internacional com carregamento de crack
PRAZO
Depen prorroga inscrições de concurso com 1.177 vagas; salários de R$ 8,3 mil

Mais Lidas

POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
CLIMA
Frio mais intenso do ano é previsto para esta semana em Dourados
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS
FEMINICÍDIO
Mulher é encontrada morta com golpe de faca no pescoço na região do João Paulo II