Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

FESTUDO apresenta hoje palhaços “À La Carte”

20 setembro 2004 - 13h31

O espetáculo “À La Carte” foi concebido com a proposta de valorizar a arte do circo e do palhaço. A companhia que trás o espetáculo a Dourados, é La Mínima, de São Paulo. A apresentação será hoje às 20h30 no Teatro Municipal. O ofício do palhaço é formado por um conjunto de bagagens e filões de origem muitas vezes contraditória. Segundo a companhia, é necessário saber que alguém só se torna um palhaço em conseqüência de um grande trabalho, constante, disciplinado e exaustivo, além da prática alcançada somente depois de muitos anos."à la carte" conta a história de dois velhos palhaços na periferia de um subúrbio perdido no espaço e no tempo, eles convivem onde o conforto passa longe e a segurança desconhece o endereço. Por vezes percebe-se a existência de vida fora daquele ambiente devido a algumas interferências sonoras. E algo os une como a verdadeiros irmãos: a fome, quer seja ela de alimento, ou mesmo de dignidade, de poder. Neste terreno impreciso, onde da mesma fonte brota o alimento e a arma letal, a fantasia se mostra tão fundamental quanto o trigo na composição de um prato que possa saciar a fome, tanto das formigas quanto das cigarras. Até que seja novamente despertada.Domingos Montagner e Fernando Sampaio começaram a desenvolver sua dupla de palhaços em 1993, quando levaram para a rua gags, reprises e outros pequenos números circenses, desenvolvidos no Circo Escola Picadeiro , onde se conheceram e iniciaram seu aprendizado de palhaço com o mestre Roger Avanzi, o Palhaço Picolino.Em 1997, com a criação de seu primeiro espetáculo, “Companhia de Ballet”, formaram o LaMínima, calcados em um humor físico e nas clássicas paródias acrobáticas, aspectos que começaram a definir o trabalho da dupla.Buscaram o aprimoramento técnico na diversidade da linguagem do palhaço, trabalhando com os Mestres Leris Colombaioni (Itália), Chacovachi (Argentina) e Leo Bassi (Italia) e com as diretoras Beth Lopes e Carla Candiotto.Além da dedicação aos seus espetáculos o grupo é um dos fundadores da Central do Circo - São Paulo, associação de artistas circenses voltados á pesquisa, desenvolvimento e ensino das artes circenses. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
OCUPAÇÃO MÁXIMA
Dourados tem 35 pacientes com Covid-19 na espera por vaga pública de UTI
ECONOMIA
Abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,1 mil tem calendário unificado
EDUCAÇÃO
Projeto 'Astrominas' oferece vagas para meninas adolescentes em atividades online de ciências
EMPREGO
Processo seletivo da Prefeitura de Maracaju terá salários de até R$ 8,5 mil
EDUCAÇÃO
Prazo para pedir isenção de taxa do Enem começa nesta segunda-feira
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso após agredir namorada adolescente
POLÍCIA
Mulher encontra seus três cachorros envenenados e suspeita de vingança do ex
ESPORTE
Grêmio vence Inter de virada e larga em vantagem na final do Gauchão
ESPORTES
Palmeiras domina o Corinthians, vence em Itaquera e vai à final do Paulistão
POLÍCIA
Homens são flagrados carneando vaca furtada e um deles tenta agredir policial a facada

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
CAPITAL
Jovem sai para comprar narguilé e morre após colidir moto contra poste