Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Festival de Cinema da Capital começa no dia 8 de janeiro

30 dezembro 2003 - 11h54

A partir de 8 de janeiro de 2004, Campo Grande vai entrar no circuito das cidades mais importantes do Brasil para o cinema. O 1º Festival de Cinema de Campo Grande, que acontece entre 8 de janeiro e 9 de fevereiro, vai trazer a Mato Grosso do Sul o que há de melhor e mais representativo da sétima arte.Serão exibidos 33 filmes, entre curtas e longas-metragens nacionais e internacionais. Artistas, cineastas, diretores, produtores culturais, diretores e roteiristas, entre outros, vão estar em Campo Grande assistindo às exibições e discutindo com o público a produção cinematográfica regional, nacional e internacional. O festival é patrocinado pela Caixa Econômica Federal e tem apoio cultural do governo do Estado.“Vamos oferecer excelente festival e aproveitar a nossa posição geográfica privilegiada para que este evento se torne, nos próximos anos, um grande festival latino-americano de cinema”, explica Nilson Rodrigues, diretor do 1º Festival de Cinema de Campo Grande. Os filmes serão exibidos no CineCultura. São 20 curtas-metragens nacionais, cinco longas nacionais e oito longas estrangeiros. A programação completa do festival será apresentada à imprensa, críticos de arte, produtores culturais e profissionais ligados às artes visuais no dia 27 de dezembro. “Todos os filmes selecionados para o 1º Festival de Cinema de Campo Grande foram premiados em festivais que são referência para o cinema, como os de Brasília, Rio de Janeiro, Gramado, Miami, Berlim e Canes, entre vários outros”, revela Nilson Rodrigues. O festival vai trazer ainda a possibilidade de o público se reunir com cineastas consagrados para discutir vários temas. Um dos debates terá como tema “O cinema em sua dimensão cultural e industrial”. Estarão em Campo Grande, entre outros, palestrantes como Sérgio Sanz, diretor do Departamento de Cinema do Ministério da Cultura, Orlando Sena, da Secretaria Nacional para o Desenvolvimento do Áudiovisual e Joel Pizinni cineasta sul-mato-grossense.O festival de cinema em Campo Grande vai premiar também dois curtas-metragens nacionais, selecionados por dois júris, um popular, formado pelas pessoas que assistirem aos filmes, e outro o júri oficial. Neste participam Fernando Camargo, representando a Caixa Econômica Federal, a jornalista Tereza Hilcar, o cineasta Cândido Alberto da Fonseca, o jornalista e crítico de arte Oscar Rocha e o escritor e cinéfilo Hermano Melo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta
CASAS POPULARES
Agência de habitação faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu
DOURADOS
População ainda pode participar de questionário para novo Plano Diretor
MUNDO NOVO
Homem é preso por tráfico e violência doméstica
AÇÃO CONJUNTA
Bitrem com carga de madeira ilegal é apreendido e empresa multada em mais de R$ 10 mil
BRASIL
Publicado guia com novos critérios para triagem de doadores de sangue
ANTÔNIO JOÃO
Foragido da Justiça é preso durante ação da Polícia Civil
PANDEMIA
Acordo proíbe consumo de bebidas na Capital entre 13 e 16 de agosto
BRASIL
Conselho do FGTS aprova distribuição de R$ 7,5 bi para trabalhadores

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Motociclista é atingido por veículo que praticava "racha' e tem fratura exposta
CORGUINHO
Jovem morre após sofrer acidente durante passeio de moto com amigos